Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

México confirma acordo com Rússia para envasar Sputnik V no país

© Sputnik / Magda Gibelli / Abrir o banco de imagensLote da vacina russa contra a COVID-19, a Sputnik V, para exportação
Lote da vacina russa contra a COVID-19, a Sputnik V, para exportação - Sputnik Brasil, 1920, 04.05.2021
Nos siga no
O chanceler do México, Marcelo Ebrard, confirmou um acordo com o Governo da Rússia para o envasamento no país da vacina russa contra a COVID-19, a Sputnik V.

O anúncio foi feito durante a apresentação do relatório sobre sua recente viagem a Moscou, realizada entre 25 e 29 de abril, em coletiva de imprensa com o presidente Andrés Manuel López Obrador.

© REUTERS / HENRY ROMEROO presidente do México, Andres Manuel López Obrador, mostra sua carteira de vacinação após receber a primeira dose da vacina da AstraZeneca contra a COVID-19 no Palácio Nacional da Cidade do México, México, em 20 de abril de 2021
México confirma acordo com Rússia para envasar Sputnik V no país - Sputnik Brasil, 1920, 04.05.2021
O presidente do México, Andres Manuel López Obrador, mostra sua carteira de vacinação após receber a primeira dose da vacina da AstraZeneca contra a COVID-19 no Palácio Nacional da Cidade do México, México, em 20 de abril de 2021
"O mais importante do que pudemos ver na Rússia foi garantir o envase e embalagem da vacina Sputnik V no México, e a possibilidade de estender esse procedimento no futuro a dois outros produtos biológicos, o Sputnik Light, que é aplicado a cada seis meses, e o Vector, que é 94% eficaz", disse o ministro das Relações Exteriores mexicano na entrevista coletiva.

A imunidade desenvolvida pelas vacinas russas atualmente protege contra todas as cepas do coronavírus, segundo declarou a chefe do órgão de defesa dos direitos do consumidor russo, Anna Popova, na última sexta-feira (30).

Segundo acrescentou a chefe do Serviço Federal de Defesa dos Direitos dos Consumidores e Bem-Estar Humano da Rússia (Rospotrebnadzor) a imunidade após a vacinação contra o coronavírus "dura de 10 a 12 meses e é bastante estável".

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала