Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Antigo cemitério de crianças encontrado na Grécia dá pistas sobre adoração de deusa do parto (FOTOS)

© Foto / Pixabay / kasabubuIlha grega (imagem referencial)
Ilha grega (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 03.05.2021
Nos siga no
Um estudo realizado no maior cemitério de recém-nascidos do mundo, encontrado na ilha grega de Astypalea, dá pistas sobre a adoração de deuses na Grécia Antiga.

O estudo, realizado pelo Ministério das Antiguidades e Cultura grego descobriu que quase todos os bebês enterradas no local eram recém-nascidos ou tinham poucos meses de vida, segundo o portal Greek Reporter. 

Os corpos dos bebês estavam dentro de recipientes de cerâmica, principalmente ânforas e hidras, enterrados em poços pouco profundos com pedras no topo, indicando que havia uma tumba no local. As bocas das ânforas seriam substituídas após a colocação do bebê no interior.

© Foto / Ministério das Antiguidades e Cultura da GréciaAntigo cemitério de crianças na ilha de Astypalea, na Grécia
Antigo cemitério de crianças encontrado na Grécia dá pistas sobre adoração de deusa do parto (FOTOS) - Sputnik Brasil, 1920, 03.05.2021
Antigo cemitério de crianças na ilha de Astypalea, na Grécia

De acordo com os arqueólogos, o sepultamento de recém-nascidos no cemitério de Astypalea começou no século VIII a.C. e continuou até o século II d.C., já durante o Império Romano.

Ao todo, foram escavados três mil esqueletos de recém-nascidos, contudo há muitas outras tumbas no cemitério.

O grande número de tumbas e o fato de as ânforas serem de diversas partes do Mediterrâneo indica a possibilidade de muitos dos recém-nascidos não serem habitantes de Astypalea.

Há diversas teorias sobre o motivo de Astypalea ser o local de sepultamento de tantos recém-nascidos que, em grande parte, morreram ao nascer.

© Foto / Ministério das Antiguidades e Cultura da GréciaAntigo cemitério de crianças na ilha grega de Astypalea
Antigo cemitério de crianças encontrado na Grécia dá pistas sobre adoração de deusa do parto (FOTOS) - Sputnik Brasil, 1920, 03.05.2021
Antigo cemitério de crianças na ilha grega de Astypalea

A teoria mais realista para a existência de um cemitério de bebês na ilha é que poderia ter havido um santuário em Astypalea, onde as mulheres costumavam dar à luz.

No local, foram encontradas inscrições que mencionam não apenas Esculápio, deus da medicina, como também Ilítia, a deusa do parto e da obstetrícia, que ajudava as mulheres a dar à luz e a suportar as dores, bem como a cuidar dos recém-nascidos.

Apesar de haver outros santuários na Grécia, o de Astypalea parece ter sido o mais popular, e por isso, as mulheres de outras regiões poderiam se deslocar para dar à luz na ilha.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала