Enviado dos EUA garante que acordo alcançado com Talibã foi o melhor possível

© REUTERS / Jim HollanderFuzileiros navais dos EUA mantendo posição no Afeganistão
Fuzileiros navais dos EUA mantendo posição no Afeganistão - Sputnik Brasil, 1920, 27.04.2021
Nos siga noTelegram
O acordo de paz alcançado pelos EUA e o movimento Talibã foi o melhor possível, dadas as circunstâncias, afirmou nesta terça-feira (27) o enviado especial de Washington para o Afeganistão, Zalmay Khalilzad, em audiência no Congresso.

"Dadas as circunstâncias, com o desejo dos Estados Unidos de retirar suas forças do Afeganistão, o acordo que alcançamos com os talibãs foi o melhor possível", disse Khalilzad.

O representante especial para a Reconciliação do Afeganistão, Zalmay Khalilzad, participa de audiência na Comissão de Relações Exteriores do Senado.

O enviado também assinalou que o movimento Talibã (grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países) enfrentará sanções e o isolamento de Washington, e seus aliados, se obstruir os esforços para um acordo de paz no Afeganistão.

Por outro lado, Khalilzad mencionou a possibilidade de as Nações Unidas enviarem forças de paz ao Afeganistão após a retirada das tropas norte-americanas, mas sublinhou essa alternativa ainda não está sobre a mesa.

Em declarações ao Comitê de Relações Exteriores do Senado, o enviado especial acrescentou que os Estados Unidos solicitaram às Nações Unidas que desempenhe um papel mais ativo na "promoção e facilitação" do processo de paz no Afeganistão.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала