VÍDEO e FOTOS mostram restos do submarino naufragado da Marinha da Indonésia

© REUTERS / ANTARA FOTOPessoal da Marinha da Indonésia são vistos no submarino KRI Nanggala-402 quando chegam a Surabaya, província de Java Oriental, Indonésia, 6 de fevereiro de 2012. Foto tirada em 6 de fevereiro de 2012.
Pessoal da Marinha da Indonésia são vistos no submarino KRI Nanggala-402 quando chegam a Surabaya, província de Java Oriental, Indonésia, 6 de fevereiro de 2012. Foto tirada em 6 de fevereiro de 2012. - Sputnik Brasil, 1920, 26.04.2021
Nos siga noTelegram
Neste domingo (25), o comandante das Forças Armadas da Indonésia, marechal Hadi Tjahjanto, confirmou a morte dos 53 tripulantes da embarcação.

Os militares da Indonésia divulgaram imagens registradas por um veículo subaquático operado remotamente que mostram os restos do submarino naufragado KRI Nanggala, desaparecido próximo da ilha de Bali quando se preparava para realizar um lançamento de torpedo.

No domingo, a Marinha da Indonésia confirmou ter encontrado o submarino partido em partes, a uma profundidade de quase 840 metros, anunciando a morte dos 53 militares que estavam a bordo.

"Com base em provas fidedignas, declaramos que o KRI Nanggala naufragou e que todos os membros da tripulação morreram", afirmou o comandante das Forças Armadas da Indonésia, marechal Hadi Tjahjanto, detalhando que a embarcação estava dividida em três partes.

Momentos antes, o presidente do país, Joko Widodo, afirmou que o "Exército e a Marinha modificaram o status do submarino KRI Nanggala, de 'contato perdido' para 'naufragado'".

FOTOS: Imagens visuais registradas pelo MV Swift Rescue de Cingapura confirmam que o submarino da Indonésia KRI Nanggala 402 naufragou e quebrou em pelo menos três partes no mar de Bali.

"Expressamos a nossa profunda dor por esta tragédia, especialmente às famílias dos tripulantes do submarino", afirmou.

No sábado (24), os militares comunicaram que, entre os restos do submarino, localizados em um raio de 16 quilômetros do local onde desapareceu, foram encontrados diversos objetos da embarcação, entre eles, partes de um tubo de torpedo, uma garrafa de lubrificante, supostamente usada para lubrificar o periscópio, e tapetes de oração.

A causa do naufrágio ainda é desconhecida. Anteriormente, a Marinha explicou que uma falha elétrica poderia ter incapacitado a embarcação de executar os procedimentos de emergência para chegar à superfície.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала