Trump: EUA deveriam melhorar relação com Rússia para não provocar união entre Moscou e Pequim

© REUTERS / Carlos BarriaDonald Trump, então presidente dos EUA, fala à mídia em Washington, EUA, 12 de janeiro de 2021
Donald Trump, então presidente dos EUA, fala à mídia em Washington, EUA, 12 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 20.04.2021
Nos siga noTelegram
O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez um alerta nesta terça-feira (21) contra as medidas do governo Biden que incentivariam a cooperação entre a Rússia e a China.

"Se dar bem com o presidente [da Rússia Vladimir] Putin é uma coisa ótima, nós devemos fazer negócios com a Rússia e devemos nos dar bem com a Rússia, em vez de forçar a Rússia a cair nas mãos da China", disse Trump em entrevista ao canal Fox News.

No início deste mês, os Estados Unidos impuseram novas sanções a 32 entidades e indivíduos russos por causa das alegações de sua interferência nas eleições presidenciais de 2020 nos Estados Unidos e do suposto hackeamento das redes da cadeia de suprimentos de software dos Estados Unidos. Além disso, os EUA expulsaram 10 diplomatas russos do país.

"A pior coisa que você poderia fazer é colocar China e Rússia juntas, e elas ficarão juntas, e serão forçadas a ficarem juntas", enfatizou Trump.

O ex-presidente dos Estados Unidos lembrou que, durante seu mandato, lutou por melhores relações com Moscou e Pequim.

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensReunião do presidente russo, Vladimir Putin, com o homólogo norte-americano, Donald Trump, em Helsinque, Finlândia, durante Cúpula Rússia-EUA, 16 de julho de 2018
Trump: EUA deveriam melhorar relação com Rússia para não provocar união entre Moscou e Pequim - Sputnik Brasil, 1920, 20.04.2021
Reunião do presidente russo, Vladimir Putin, com o homólogo norte-americano, Donald Trump, em Helsinque, Finlândia, durante Cúpula Rússia-EUA, 16 de julho de 2018

"Algo está acontecendo com Taiwan, algo talvez esteja acontecendo com a Ucrânia, isso nunca foi um grande assunto quando eu era presidente", disse Trump, acrescentando tinha boa relação com Putin e "se dava bem com o presidente [chinês] Xi [Jinping] até a COVID-19 surgir".

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia condenou a nova rodada de sanções dos EUA, afirmando que medida é contrária aos interesses das duas nações. Em resposta às sanções norte-americanas, Moscou proibiu a entrada de oito cidadãos dos EUA no país.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала