Rússia promete resposta 'em breve' contra a expulsão de diplomatas na República Tcheca

© Sputnik / Anton Denisov / Abrir o banco de imagensEm Moscou, capital da Rússia, carros passam em frente à sede do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, em 15 de abril de 2021
Em Moscou, capital da Rússia, carros passam em frente à sede do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, em 15 de abril de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 18.04.2021
Nos siga noTelegram
Neste domingo (18), o embaixador tcheco na Rússia, Vitezslav Pivonka, foi convocado pelo Ministério das Relações Exteriores russo, disse uma fonte a jornalistas em Moscou.

No sábado (17), o governo da República Tcheca anunciou a expulsão de 18 diplomatas russos acusados de suposta participação nas explosões de um depósito de munição em Vrbetice, em 2014, onde dois cidadãos tchecos morreram.

Segundo fontes ouvidas pela mídia em Moscou, o governo russo reagiu convocando o embaixador tcheco.

"Soubemos que o embaixador tcheco foi convocado ao Ministério das Relações Exteriores [da Rússia]", disseram fontes a jornalistas em Moscou, sem dar detalhes.

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia já havia alertado para possíveis consequências, após o anúncio da expulsão dos diplomatas russos.

Medidas retaliatórias serão anunciadas em breve

A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, disse neste domingo (18) que a Rússia em breve estabelecerá suas medidas recíprocas com relação à expulsão dos diplomatas russos na República Tcheca.

"Foi crucial responder claramente a tais passos, de forma que a realização exata disso virá, eu acredito, em um futuro próximo", disse Zakharova em entrevista à emissora Rossiya-1.
© Sputnik / Serviço de imprensa do Ministério das Relações Exteriores da Rússia / Abrir o banco de imagensMaria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, durante briefing em Moscou, Rússia
Rússia promete resposta 'em breve' contra a expulsão de diplomatas na República Tcheca - Sputnik Brasil, 1920, 18.04.2021
Maria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, durante briefing em Moscou, Rússia

Em meio à disputa diplomática, a polícia tcheca também colocou dois russos, Aleksandr Petrov e Ruslan Boshirov, na lista de procurados, mas não afirmou diretamente se eles têm relação com as explosões de 2014.

De acordo com as autoridades tchecas, os dois cidadãos russos estiveram no país em outubro de 2014 - primeiro em Praga, depois na região da Morávia-Silésia, além da região de Zlin. Ambos teriam usado pelo menos dois passaportes.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала