Forças Armadas dos EUA devem se expandir na Noruega após assinatura de acordo bilateral

© REUTERS / Torbjorn Kjosvold / Forsvaret / HandoutBombardeiro Lancer B-1B da Força Aérea dos EUA na base aérea em Bodo, Noruega, 8 de março de 2021
Bombardeiro Lancer B-1B da Força Aérea dos EUA na base aérea em Bodo, Noruega, 8 de março de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 16.04.2021
Nos siga noTelegram
Antes de entrar em vigor, acordo precisa ser ratificado pelo Parlamento norueguês. Em fevereiro, bombardeiros estratégicos norte-americanos realizaram missões de treinamento pela primeira vez no país escandinavo.

Os Estados Unidos e a Noruega assinaram um acordo revisado nesta sexta-feira (16) permitindo que os militares norte-americanos estabeleçam suas próprias instalações em solo norueguês, de acordo com um anúncio de Oslo.

As Forças Armadas dos EUA terão permissão para instalar três aeródromos e uma base naval perto de Trondheim, no centro da Noruega. No entanto, o acordo não prevê o estabelecimento de bases militares no país.

A negociação ocorre depois que os EUA realizaram sua primeira missão de treinamento na Noruega com seus bombardeiros estratégicos B-1 em fevereiro. A manobra teve como objetivo testar aviões de guerra no norte e melhorar sua interoperabilidade com aliados.

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse anteriormente que a intenção de Oslo de posicionar bombardeiros estratégicos dos EUA em base aérea perto de Trondheim foi vista como mais um passo para aumentar a atividade militar na região.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала