Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Rússia está desenvolvendo sistema único de armamento para drones atuais e futuros

© Sputnik / Grigory SysoevDrone russo Grom
Drone russo Grom - Sputnik Brasil, 1920, 14.04.2021
Nos siga no
A Rússia está desenvolvendo sistema único de armamento guiado e não guiado para drones, que engloba bombas aéreas não guiadas, ajustáveis e guiadas de até 100 quilos e mísseis guiados da classe ar-superfície, segundo fonte da indústria de defesa da Rússia.

O sistema único de armamento guiado e não guiado está sendo desenvolvido pela Rússia para vários tipos de veículos aéreos não tripulados de combate, inclusive o drone Forpost, segundo informou à Sputnik a fonte da indústria de defesa.

"Continuam os trabalhos em um sistema único de armamento para veículos aéreos não tripulados de diferentes classes. O sistema incluirá bombas aéreas não guiadas, ajustáveis e guiadas de até 100 quilos, e também mísseis guiados da classe ar-superfície", revelou a fonte.

Tudo índica que o sistema único será usado em drones Orion (também conhecido como Inokhodets), Altius e Forpost, bem como nos veículos aéreos não tripulados de classes análogas táticas e de altitude média que forem criados no futuro, disse a fonte.

"Uma parte das munições foi testada em veículos aéreos não tripulados, inclusive na Síria, para realizar ataques aéreos a instalações terroristas", adicionou a fonte da indústria de defesa russa.

O drone de combate Orion é capaz de carregar até seis bombas pequenas ajustáveis de 20 quilos cada ou até três bombas de 50 quilos cada do novo sistema de armamento. O drone Forpost é capaz de carregar duas bombas de 50 quilos cada.

"O drone Altius obterá o mesmo sistema de armamento, mas poderá carregar muito mais munições. Altius e Inokhodets poderão no futuro usar bombas aéreas ajustáveis e guiadas de até 100 quilos que também estão sendo desenvolvidas no âmbito do sistema único de armamento", afirmou a fonte à Sputnik.

Os veículos aéreos não tripulados das classes de aviões pesados como Orion ou o futuro Grom possuirão o mesmo armamento de caças tripulados, revelou a fonte.

© Sputnik / Grigory Sysoev / Abrir o banco de imagensVeículo aéreo não tripulado multifuncional russo Kronstadt de longa duração de voo, com base no sistema de reconhecimento aéreo Orion-E, apresentado no salão aeroespacial internacional MAKS 19 em Zhukovsky, Rússia
Rússia está desenvolvendo sistema único de armamento para drones atuais e futuros - Sputnik Brasil, 1920, 14.04.2021
Veículo aéreo não tripulado multifuncional russo Kronstadt de longa duração de voo, com base no sistema de reconhecimento aéreo Orion-E, apresentado no salão aeroespacial internacional MAKS 19 em Zhukovsky, Rússia

O drone de altitude média Orion pesa mil quilos e pode carregar até 200 quilos. A duração máxima do voo do drone corresponde a 24 horas. A altitude máxima de voo é de 7,5 mil metros, atingindo velocidades de 200 km/h. O drone é pilotado por um operador via canal de rádio, com alcance de sinal de 250 quilômetros.

O drone de altitude média Altius é um veículo aéreo mais pesado, que possui um peso de decolagem de cinco toneladas. A carga máxima do drone é de até mil quilos. Seu voo pode durar até 48 horas.

O drone Forpost é uma versão do veículo aéreo israelense Searcher. O drone possui um peso de decolagem de até 500 quilos e é capaz de carregar até 100 quilos de armamento. Seu voo dura no máximo 18 horas. Tanto como o drone Orion, Forpost foi usado na Síria, inclusive para atacar terroristas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала