Militares ucranianos realizam treinamento de defesa na fronteira com a Crimeia

© Sputnik / Konstantin Mikhalchevsky / Abrir o banco de imagensMilitares russos do regimento de mísseis antiaéreos participam de exercícios realizados por unidades da divisão de assalto aéreo na cordilheira de Opuk, na Crimeia, Rússia
Militares russos do regimento de mísseis antiaéreos participam de exercícios realizados por unidades da divisão de assalto aéreo na cordilheira de Opuk, na Crimeia, Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 14.04.2021
Nos siga noTelegram
Reservas de artilharia e tanques das Forças Armadas da Ucrânia realizaram exercícios de treinamento na fronteira com a Crimeia.

De acordo com comunicado do centro de comando do Exército ucraniano, divulgado nesta quarta-feira (14), o treinamento tem como objetivo conter possíveis tentativas de romper a linha defensiva ucraniana.

"Reservas de artilharia e tanques realizando tarefas de combate ao longo da fronteira com a Crimeia […] foram designadas a áreas onde se possa para conter o avanço do hipotético adversário. De acordo com o cenário, uma unidade de tanques inimiga apoiada pela infantaria tentou romper nossa linha de defesa", diz o comunicado.

Durante uma missão de reconhecimento, as tropas ucranianas identificaram as principais forças de artilharia do inimigo, moveram artilharias antitanque de 100 milímetros para posições de tiro e destruíram os alvos.

© Sputnik / Konstantin Mikhalchevsky / Abrir o banco de imagensMilitares da defesa costeira da Frota do Mar Negro durante competição de biatlo de tanques no polígono de Angarsky, na Crimeia, Rússia
Militares ucranianos realizam treinamento de defesa na fronteira com a Crimeia - Sputnik Brasil, 1920, 14.04.2021
Militares da defesa costeira da Frota do Mar Negro durante competição de biatlo de tanques no polígono de Angarsky, na Crimeia, Rússia

Tripulações de tanques treinaram manobras em terreno aberto, usando cortinas de fumaça e equipamento de camuflagem e simulando combates contra o inimigo na linha de combate ativa.

"As unidades de tanques e artilharia subordinadas ao Comando das Forças Armadas da Ucrânia treinam em condições próximas de um combate real", disse o comandante das Forças Conjuntas, o tenente-general Sergei Naev.

As tensões aumentaram nas últimas semanas no leste da Ucrânia. A vizinha Rússia moveu tropas para perto de sua fronteira ocidental, enquanto os Estados Unidos enviaram dois navios de guerra para o mar Negro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала