EUA veem 'semelhanças' em coágulos sanguíneos após uso de vacinas da AstraZeneca e Johnson & Johnson

© REUTERS / Dado RuvicFrascos da vacina da AstraZeneca contra o SARS-COV-2, 14 de março de 2021
Frascos da vacina da AstraZeneca contra o SARS-COV-2, 14 de março de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 14.04.2021
Nos siga noTelegram
O imunologista-chefe dos EUA revelou que há semelhanças no surgimento de coágulos sanguíneos e baixo nível de plaquetas após vacinação com imunizantes da AstraZeneca e da Johnson & Johnson.

O imunologista-chefe dos Estados Unidos, Anthony Fauci, afirmou que há semelhanças em casos de coágulos sanguíneos após vacinações com imunizantes da AstraZeneca e da Johnson & Johnson, em entrevista à emissora NBC.

"Há algumas semelhanças fortíssimas sobre isso no que diz respeito ao tempo após vacinação, particularmente, a importância da síndrome clínica destes coágulos, juntamente com baixo nível de plaquetas, então há muitas semelhanças que não se pode deixar passar", disse Fauci.

Na terça-feira (13), a Administração de Alimentos e Medicamentos e o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA recomendaram parar o uso da vacina contra o novo coronavírus da Johnson & Johnson "por uma abundante precaução".

A empresa norte-americana de farmacêuticos, utensílios médicos e produtos pessoais de higiene Johnson & Johnson emitiu um comunicado de imprensa, informando sobre decisão de adiar o uso de sua vacina contra a COVID-19 na Europa. A empresa revelou estar a par de alguns casos de detecção de coágulos sanguíneos após vacinação.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала