Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

China insta que EUA 'não brinquem com fogo na questão de Taiwan'

© AP Photo / Chiang Ying-yingHelicóptero S70 da Marinha de Taiwan decola de uma fragata da classe Perry durante treinamentos na estação naval de Suao, no condado de Yilan, nordeste de Taiwan, em 13 de abril de 2018
Helicóptero S70 da Marinha de Taiwan decola de uma fragata da classe Perry durante treinamentos na estação naval de Suao, no condado de Yilan, nordeste de Taiwan, em 13 de abril de 2018 - Sputnik Brasil, 1920, 13.04.2021
Nos siga no
Nesta terça-feira (13), a China instou que os EUA parem de brincar com fogo em torno de Taiwan e apresentou uma denúncia após Washington ter emitido diretrizes que permitirão aos funcionários dos EUA se reunirem mais livremente com autoridades da ilha.

A decisão do Departamento do Estado norte-americano de aprofundar as relações com a ilha autogovernada de Taiwan foi tomada em meio à crescente atividade militar da China à volta da ilha, incluindo incursões quase diárias de sua Força Aérea na zona de defesa aérea de Taiwan.

O porta-voz da chancelaria chinesa, Zhao Lijian, disse aos jornalistas que eles apresentaram "considerações firmes" aos Estados Unidos, de acordo com agência Reuters.

A China insta que os EUA "não brinquem com fogo na questão de Taiwan e parem de imediato qualquer forma de contatos oficiais entre os EUA e Taiwan, lidem com o assunto cautelosa e apropriadamente e não enviem sinais errados às forças independentistas de Taiwan para não influenciar subversivamente e danificar as relações sino-americanas, bem como a paz e estabilidade no estreito de Taiwan", afirmou o porta-voz.

Taiwan é o assunto territorial mais sensível para a China, bem como um grande ponto de discórdia entre Pequim e Washington. A Marinha dos EUA tem regularmente conduzido o que chama de passagens "rotineiras" no estreito de Taiwan.

Washington expressou preocupação com os esforços de intimidação chineses na região, incluindo em relação a Taiwan, reiterando que o compromisso dos EUA com Taiwan é "rocha sólida".

A China, por sua vez, acredita que os Estados Unidos estão em conluio com Taiwan para desafiar Pequim e dar apoio aos que querem que a ilha declare independência formal.

A presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, afirma que a ilha um país independente, chamado República da China, nome oficial de Taiwan.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала