- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Brasil registra pior média móvel diária de mortes desde o início da pandemia com 3.125 óbitos

© AP Photo / Andre PennerEnterro de vítima da COVID-19 em São Paulo.
Enterro de vítima da COVID-19 em São Paulo. - Sputnik Brasil, 1920, 12.04.2021
Nos siga noTelegram
O Brasil registrou 1.738 novas mortes pela COVID-19 e 38.866 novos casos da doença nesta segunda-feira (12). Com isso, o país chegou a 355.031 óbitos e a 8.326.115 de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

De acordo com os dados coletados até as 20h, divulgados pelo consórcio de imprensa, a média móvel de mortes nos últimos sete dias é de 3.125, um recorde desde o início da pandemia. O valor da média representa um aumento de 15% em relação ao dado de 14 dias atrás.

Já a média móvel de casos nos últimos sete dias foi de 71.174 novos diagnósticos por dia. O número representa uma variação de -6% em relação aos casos registrados em duas semanas.

​​Os dados mostram que 11 estados e o Distrito Federal estão com alta nas mortes: Amapá, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo.

O balanço da vacinação contra a COVID-19 aponta que 23.847.792 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra o novo coronavírus. O número representa 11,26% da população brasileira.

A segunda dose já foi aplicada em 7.391.544 pessoas (3,49% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal. No total, 31.239.336 doses foram aplicadas em todo o país.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала