Moscou não abandonará russos em Donbass, afirma porta-voz de Putin

© Sputnik / Mikhail Voskresensky / Abrir o banco de imagensDmitri Peskov, portavoz del Kremlin
Dmitri Peskov, portavoz del Kremlin - Sputnik Brasil, 1920, 11.04.2021
Nos siga noTelegram
A Rússia não é parte do conflito em Donbass, mas não ficará indiferente ao destino dos falantes de russo que vivem na região, afirmou o porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov.

"A Rússia nunca foi parte deste conflito. Contudo, a Rússia sempre disse que não ficará indiferente ao destino dos falantes de russo que vivem no Sudeste do país ", afirmou ao canal de TV Rossiya 1.

A região de Donbass tem vivido um aumento de tensões nas últimas semanas. As autoridades independentistas da região têm denunciado que Kiev quer provocar uma nova escalada do conflito na zona de Donbass, relatando uma maior presença de tropas ucranianas ao longo das fronteiras.

O presidente da Ucrânia, Vladimir Zelensky, que visitou as posições dos militares na linha de frente em Donbass nesta quinta-feira (8), disse que em breve discutirá a situação no leste do país com os líderes da Alemanha e da França.

Em julho do ano passado, entraram em vigor medidas adicionais para garantir um armistício na região, proibindo o uso e a presença de armas dentro e nas proximidades dos assentamentos, bem como ações ofensivas, de reconhecimento e sabotagem.

Além disso, as medidas podem acarretar responsabilidade disciplinar por violações do cessar-fogo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала