Chancelaria russa diz que retorno de seu embaixador aos EUA ainda é incerto

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensAnatoly Antonov, embaixador russo nos EUA, após reunião com parlamentares em Moscou, Rússia, sobre atual estado das relações bilaterais
Anatoly Antonov, embaixador russo nos EUA, após reunião com parlamentares em Moscou, Rússia, sobre atual estado das relações bilaterais - Sputnik Brasil, 1920, 07.04.2021
Nos siga noTelegram
O embaixador russo nos Estados Unidos, Anatoly Antonov, não deve retornar a Washington em um futuro próximo, disse à Sputnik o vice-ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Ryabkov.

"Essa não é uma questão para os próximos dias", disse o vice-chanceler ao ser questionado se já havia uma previsão para o retorno de Antonov aos EUA. 

​Segundo o funcionário do governo russo, a solução para esse problema depende mais do que tudo de uma demonstração de interesse por parte do governo norte-americano de normalizar as relações com a Rússia, o que não aconteceu até o momento. 

"O prazo será determinado dependendo dos passos a serem seguidos por Washington no caminho bilateral. Esperamos que eles ainda sejam capazes de mostrar o desejo de pelo menos uma normalização relativa de nossas relações e deem alguns passos perceptíveis nesse sentido", afirmou.

Em meados do mês passado, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que o líder russo, Vladimir Putin, pagaria um preço pela suposta interferência de Moscou na eleição presidencial norte-americana de 2020. Ele também confirmou considerar o presidente da Rússia um assassino.

A postura polêmica de Biden provocou uma nova deterioração nas relações entre Moscou e Washington e, por conta disso, o governo russo chamou de volta o seu embaixador nos EUA, que, segundo Ryabkov, ainda não tem data para retomar suas atividades por lá.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала