Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Identificam destróier dos EUA afundado há 77 anos em naufrágio mais profundo do mundo (FOTOS)

© Foto / Public domainDestróier americano USS Johnston (DD-557) afundado na Batalha do Golfo de Leyte em 1944
Destróier americano USS Johnston (DD-557) afundado na Batalha do Golfo de Leyte em 1944 - Sputnik Brasil, 1920, 03.04.2021
Nos siga no
Depois de permanecer quase 77 anos no fundo do mar, pesquisadores confirmaram a descoberta dos fragmentos do destróier norte-americano USS Johnston afundado durante a Segunda Guerra Mundial na Batalha do Golfo de Leyte, no mar das Filipinas.

A embarcação, de aproximadamente 115 metros de comprimento, foi localizada em outubro de 2019 pelo navio de pesquisa RV Petrel, mas foi confirmado apenas agora que se trata mesmo do USS Johnston (DD-557).

Desta vez a companhia de tecnologia submarina Caladan Oceanic conseguiu ir até o local e tirar fotos do naufrágio, considerado o mais profundo jamais conhecido, informou esta semana, o Comando de História e Patrimônio Naval dos EUA.

Através de um aparelho submersível tripulado, os pesquisadores localizaram a proa do USS Johnston a uma profundidade 21.180 pés, ou seja, cerca de 6.456 metros.

As imagens tiradas mostram as partes intactas no fundo do Pacífico e pode se ver o número 557 no casco do navio, que confirma sua identidade.

Acabamos de realizar a imersão no naufrágio mais profundo da história a fim de encontrar os principais destroços do destróier USS Johnston. Localizamos os 2/3 da parte dianteira do navio, direita e intacta, a uma profundidade de 6.456 metros. Em dois mergulhos três de nós examinamos o navio e prestamos homenagem a sua tripulação corajosa.

O USS Johnston, da classe Fletcher, afundou durante a Batalha do Golfo de Leyte, travada entre os Estados Unidos e o Japão na Segunda Guerra Mundial.

Entre 23 e 26 de outubro de 1944 o mar das Filipinas foi palco da maior batalha naval da história contemporânea.

O enfrentamento entre a Marinha americana e a Marinha Imperial japonesa foi decisivo para o fim do conflito mundial no Pacífico, visto que a partir dessa batalha as forças navais japonesas perderam todas as condições necessárias para mudar o curso da guerra.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала