Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Quase metade dos municípios brasileiros estão sob 'risco iminente' de falta do kit intubação

© Folhapress / Eduardo AnizelliMédicos fazem intubação de paciente com COVID-19 no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, no dia 9 de dezembro de 2020
Médicos fazem intubação de paciente com COVID-19 no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, no dia 9 de dezembro de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 01.04.2021
Nos siga no
Quase metade dos municípios brasileiros estão sob risco de ficar sem insumos e medicamentos para o kit intubação de pacientes com COVID-19.

É o que diz um levantamento realizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), divulgado nesta quinta-feira (1º). De acordo com os dados coletados, 44,7% das cidades brasileiras enfrentam "risco iminente" do hospital da sua região ficar sem o kit intubação.

Entre os produtos utilizados para realizar intubações estão anestésicos e relaxantes musculares, necessários para manter um paciente em ventilação mecânica.

Dos 5.568 municípios brasileiros, 2.553 responderam ao questionário. Dos que responderam, 1.141 reportaram escassez de insumos. Outro dado apontado pela pesquisa é que 625 municípios (24,5% do total) estão prestes a ficar sem oxigênio.

A pesquisa revela também que 37,1% dos municípios que responderam ao questionário estão em lockdown. O levantamento considerou lockdown como o fechamento total das atividades não essenciais, para conter a propagação da COVID-19.

© Foto / Pedro Guerreiro / Agência ParáPaciente com COVID-19 é transferida para o Hospital Regional do Baixo Amazonas, em Santarém, no Pará, no dia 7 de fevereiro de 2021
Quase metade dos municípios brasileiros estão sob 'risco iminente' de falta do kit intubação - Sputnik Brasil, 1920, 01.04.2021
Paciente com COVID-19 é transferida para o Hospital Regional do Baixo Amazonas, em Santarém, no Pará, no dia 7 de fevereiro de 2021

A pesquisa mostrou ainda que quase todos os municípios (98%) que responderam ao questionário receberam vacinas contra a COVID-19 na semana em que o levantamento foi realizado, mostrando que os imunizantes têm chegado a todas as regiões do Brasil. A pesquisa foi conduzida entre os dias 29 e 31 de março.

O Brasil enfrenta o pior momento da pandemia. Nesta quarta-feira (31), foram 3.869 novas mortes pela COVID-19 – o maior número de óbitos causados pela doença em 24 horas no país.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала