- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Após Volkswagen e Mercedes, Nissan do Brasil também interrompe produção por conta da COVID-19

© Marcelo Camargo/Agência BrasilPátio de montadora em São Bernardo do Campo
Pátio de montadora em São Bernardo do Campo - Sputnik Brasil, 1920, 25.03.2021
Nos siga noTelegram
O agravamento da pandemia da COVID-19 levou a Nissan do Brasil a ser terceira montadora a anunciar a interrupção da fabricação de veículos. O anúncio foi divulgado nesta quinta-feira (25).

A Nissan do Brasil anunciou que interromperá sua fabricação de veículos entre os dias 26 e 9 de abril, afetando a planta da montadora em Resende, no Rio de Janeiro. A expectativa é retomar as atividades na segunda-feira (12).

"Buscando garantir a segurança de seus funcionários como parte do esforço de reduzir o impacto da pandemia, adaptar a empresa ao cenário atual dos desafios enfrentados pelo setor automotivo e garantir a continuidade do negócio, a Nissan decidiu adotar férias coletivas em seu complexo industrial de Resende de 26 de março a 9 de abril. Com isso, a produção será retomada no dia 12 de abril", diz o comunicado da empresa.
© Folhapress / Lucas Lacaz RuizFábrica da montadora de veículos Volkswagen, em Taubaté (SP)
Após Volkswagen e Mercedes, Nissan do Brasil também interrompe produção por conta da COVID-19 - Sputnik Brasil, 1920, 25.03.2021
Fábrica da montadora de veículos Volkswagen, em Taubaté (SP)

Anteriormente, a montadora Volkswagen também havia anunciado na última sexta-feira (19) a suspensão de sua produção de veículos entre os dias 24 de março e 4 de abril. Já a Mercedes-Benz anunciou a interrupção de suas fábricas em São Bernardo do Campo (SP) e Juiz de Fora (MG) entre os dias 26 de março e 5 de abril. 

Ambas as decisões foram tomadas após um acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, que pressionava para as montadoras interromperem as atividades por conta da preocupação pela segurança dos funcionários com o agravamento da pandemia da COVID-19. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала