Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Ministro da Defesa iraniano exige do Reino Unido 'medidas práticas' para pagar dívida ao Irã

© AFP 2021 / Presidência do IrãMinistro da Defesa, Amir Hatami, 11 de março de 2020
Ministro da Defesa, Amir Hatami, 11 de março de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 23.03.2021
Nos siga no
Governo iraniano insta Londres a pagar dívida por não entrega de tanques militares e diz que "sempre houve distância entre posições assumidas pelo Reino Unido e sua resolução prática".

Nesta terça-feira (23), o ministro da Defesa do Irã, Amir Hatami, disse que o Reino Unido deve tomar "medidas práticas" para pagar sua dívida pela não entrega de mais de 1.750 tanques e veículos blindados para o Irã, encomendados pelo país persa em 1979, segundo a agência Tasnim.

O comentário do ministro acontece depois que o seu homólogo britânico, Ben Wallace, disse na segunda-feira (22) que o Reino Unido deveria "honrar essa dívida e encontrar maneiras de devolvê-la a Teerã", de acordo com o The Times.

"Sempre houve uma distância entre as posições assumidas por oficiais britânicos e sua resolução prática. As restrições decorrentes de sanções arbitrárias não são a principal razão para o não pagamento da dívida do Reino Unido ao Irã. A nação iraniana quer que o governo britânico resolva a questão por meio de mecanismos previamente discutidos por ambos os lados", declarou o ministro Hatami citado pela Iran Press.

A dívida de Londres com o país persa surgiu da não entrega de 1.500 tanques Chieftain e 250 outros veículos blindados encomendados pelo então xá do Irã, Mohammad Reza Pahlevi, antes de sua queda em 1979.

Em janeiro de 2019, um tribunal de primeira instância britânico rejeitou uma queixa apresentada pelo país persa pedindo £ 20 milhões (cerca de R$ 156 milhões) em juros pela dívida relacionada à falha na entrega dos tanques e veículos militares, com base nos contratos assinados em 1971, de acordo com a agência Tasnim.

O Reino Unido teria se isentado repetidamente de pagar a dívida que reconhece ter com a República Islâmica citando sanções ilegais impostas pelos Estados Unidos a Teerã, segundo a mídia.

Recentemente, Irã e Reino Unido vêm trocando acusações devido ao acordo nuclear, um dos maiores impasses da política internacional atual. Londres critica Teerã por seu programa nuclear dizendo que o mesmo não pode avançar, enquanto, na semana passada, divulgou o novo plano da Defesa britânica, informando que aumentará seu estoque de ogivas nucleares. O relatório foi interpretado como uma "hipocrisia" pelo governo iraniano.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала