Líbano: chefe do Hezbollah diz que país não deve ser levado à guerra civil

© REUTERS / AZIZ TAHERManifestante gesticula durante um protesto contra a queda da libra libanesa e as crescentes dificuldades econômicas, em Sidon, Líbano, 8 de março de 2021
Manifestante gesticula durante um protesto contra a queda da libra libanesa e as crescentes dificuldades econômicas, em Sidon, Líbano, 8 de março de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 18.03.2021
Nos siga noTelegram
O chefe do Hezbollah no Líbano, Hassan Nasrallah, disse nesta quinta-feira (18) que o país não deveria ser empurrado para a guerra civil.
"Tenho informações de que existem forças externas e algumas internas que estão empurrando [o país] para a guerra civil... Eles estão procurando o combustível para adicionar ao petróleo", disse Nasrallah em um discurso transmitido pela televisão, segundo publicou a Reuters.
© AP Photo / Hassan AmmarHezbollah Hassan Nasrallah fala via link de vídeo
Líbano: chefe do Hezbollah diz que país não deve ser levado à guerra civil - Sputnik Brasil, 1920, 18.03.2021
Hezbollah Hassan Nasrallah fala via link de vídeo

Nasrallah também disse que um novo governo era a única saída para o país de sua crise financeira, mas sugeriu que um gabinete de especialistas não duraria.

O chefe do Hezbollah também lançou dúvidas sobre como um novo gabinete implementaria as reformas que seriam necessárias para um acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI).

"Se o primeiro-ministro indicado concordar com o presidente na segunda-feira um governo de especialistas, nós concordaremos", declarou Nasrallah.

O Líbano está passando por uma crise financeira que representa a maior ameaça à sua estabilidade desde a guerra civil de 1975-1990.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала