Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

COVID-19: nova variante do coronavírus é descoberta na Ucrânia; país desmente

© AP Photo / Evgeniy MaloletkaEm Krasnohorivka, na Ucrânia, um soldado ucraniano é vacinado contra a COVID-19, em 5 de março de 2021
Em Krasnohorivka, na Ucrânia, um soldado ucraniano é vacinado contra a COVID-19, em 5 de março de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 15.03.2021
Nos siga no
Nesta segunda-feira (15), Oleg Ruban, o chefe do Serviço Estatal de Segurança Alimentar e Proteção ao Consumidor da Ucrânia, afirmou que uma nova variante do vírus SARS-CoV-2, que causa a COVID-19, foi descoberta no país.

Ruban deu a declaração nesta segunda-feira (15) em entrevista publicada pelo jornal ucraniano Vesti.

"Existem cinco cepas do novo coronavírus globalmente confirmadas: a própria COVID-19, a do Reino Unido, a 'espanhola', a 'sul-africana' e a 'brasileira'. São cinco variantes ativas que se espalharam pelo mundo a partir da China. O que foi descoberto em Bukovina é o chamado combovírus, que está circulando na Ucrânia junto com a COVID-19. É [...] semelhante à cepa do Reino Unido, que é uma modificação das cepas 'sul-africana' e 'brasileira'", disse Ruban.

A autoridade ucraniana disse também que a variante descoberta no país contém traços "que ainda não foram registrados pela Organização Mundial da Saúde [OMS]". Ruban acrescentou que o chamado combovírus foi agressivo em sua disseminação pelo país.

© AP Photo / Efrem LukatskyEm Kiev, na Ucrânia, trabalhadores de restaurantes batem panelas em protesto contra medidas de restrição social impostas no país para conter a pandemia da COVID-19, em 11 de novembro de 2020
COVID-19: nova variante do coronavírus é descoberta na Ucrânia; país desmente - Sputnik Brasil, 1920, 15.03.2021
Em Kiev, na Ucrânia, trabalhadores de restaurantes batem panelas em protesto contra medidas de restrição social impostas no país para conter a pandemia da COVID-19, em 11 de novembro de 2020

A nova variante foi descoberta pelos cientistas ucranianos há duas semanas, disse Ruban, acrescentando que a OMS já foi notificada a respeito. Variantes são mutações naturais de um vírus e resultam de adaptações que ocorrem conforme a doença se desenvolve em mais organismos.

As variantes detectadas em outros países geraram diversas preocupações e precauções, como o fechamento de fronteiras e a proibição de viajantes vindos de países onde as mutações foram encontradas.

Conforme dados da Universidade Johns Hopkins, a Ucrânia tem hoje mais de 1,5 milhão de casos de COVID-19 e quase 30 mil mortes causadas pela doença.

Mais tarde na segunda-feira (15), Oleg Ruban chamou de erradas as notícias sobre uma nova variante da COVID-19 encontrada na Ucrânia, segundo informou o canal no Telegram Strana.ua.

"Não, isso não é verdade. Não há nenhuma cepa nova. Provavelmente, 'a notícia' surgiu depois de eu dizer a jornalistas como a cepa 'britânica' proveio da sul-africana", explicou o chefe do Serviço Estatal de Segurança Alimentar e Proteção ao Consumidor da Ucrânia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала