Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Coletiva: Lula comenta as decisões do STF e fala sobre política nacional (VÍDEO)

© AP Photo / Andre PennerLuiz Inácio Lula da Silva
Luiz Inácio Lula da Silva - Sputnik Brasil, 1920, 10.03.2021
Nos siga no
Após as decisões dos ministros do STF, em especial a de Edson Fachin, que anulou as condenações do ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva fala pela primeira vez sobre seu futuro na política.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva falou nesta quarta-feira (10) à imprensa, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo, na Grande São Paulo.

O ministro do STF Edson Fachin anulou na segunda-feira (8) todas as condenações da Lava Jato impostas ao ex-presidente pela Justiça Federal do Paraná. Com a decisão, Lula recuperou os direitos políticos e se tornou elegível.

O discurso de Lula

Na abertura de sua fala, o ex-presidente afirmou que ele "é o resultado da consciência politica do trabalhador brasileiro". Em seguida, disse que foi "vítima da maior mentira jurídica contada em 500 anos de história". 

Ele também lembrou quando foi preso. "Faz quase três anos que eu saí da sede desse sindicato para ir me entregar à Polícia Federal. Eu fui, obviamente, contra minha vontade, porque sabia que estavam prendendo um inocente", afirmou.

​"Se tem um brasileiro que tem razão de ter muitas e profundas mágoas sou eu, mas não tenho. Sinceramente eu não tenho porque o sofrimento que o povo brasileiro está passando, o sofrimento que as pessoas pobres estão passando neste país é infinitamente maior do que qualquer crime que cometeram contra mim", disse Lula.

Ao falar sobre o desempenho do ex-juiz Sergio Moro, o petista disse que "Deus de barro não dura muito tempo. Hoje ele deve estar sofrendo muito mais do que sofri". Em seguida, concluiu: "Eu tenho certeza que eles [Dallagnol e Moro] estão sofrendo muito mais do que eu sofri, porque eles sabem que eles cometeram um erro e eu sabia que eu não tinha cometido um erro".

"Por conta da operação Lava Jato, o Brasil deixou de ter de investimento R$ 172 bilhões. Só por conta da Lava Jato, segundo estudo do Dieese, o país perdeu 4,4 milhões de empregos."

Ataques a Jair Bolsonaro

Após agradecer aos seus advogados e fazer uma breve introdução sobre os processos da Lava Jato e sua prisão em Curitiba, Lula atacou o atual presidente do Brasil.

"Esse país não tem governo. Não cuida da economia. Não cuida do emprego. Não cuida do salário. Não cuida da saúde. Não cuida do meio ambiente. Não cuida da educação. Não cuida do jovem. Não cuida da meninada da periferia. Então do quê eles cuidam?", questionou.

Ao falar de Jair Bolsonaro, o ex-presidente foi sarcástico. "Ele tem um astronauta no governo. O ministro Pontes sobrevoou o planeta quando eu era presidente! Se ele não dormiu, ele viu que o planeta é redondo! Devia dizer pro presidente parar de acreditar no Olavo de Carvalho".

O ex-presidente também falou sobre o aumento do acesso às armas, uma das principais bandeiras de Jair Bolsonaro. "Esse povo não está precisando de arma, está precisando de emprego".

Em outro momento, Lula atacou os ministros Paulo Guedes e Eduardo Pazuello, da Economia e Saúde, respectivamente.

"Esse país não tem governo, esse país não tem ministro da Saúde, esse país não tem ministro da Economia, esse país tem um fanfarrão, um fanfarrão, um presidente que por não saber de nada diz: é tudo por conta do Guedes. Enquanto isso, o país está empobrecido, o PIB caiu, a massa salarial caiu, o comércio está enfraquecido, o comércio varejista caiu, a produção de comida das pessoas está ficando insustentável".

© AP Photo / Andre PennerO ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva tira a máscara protetora para falar na sede do Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo, São Paulo
Coletiva: Lula comenta as decisões do STF e fala sobre política nacional (VÍDEO) - Sputnik Brasil, 1920, 10.03.2021
O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva tira a máscara protetora para falar na sede do Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo, São Paulo

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала