Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Como bitcoin poderia ser afetado ante crescimento do yuan digital chinês?

© REUTERS / Florence LoSímbolo do yuan digital da China, ou e-CNY, em balcão de shopping em Pequim, China, 10 de fevereiro de 2021
Símbolo do yuan digital da China, ou e-CNY, em balcão de shopping em Pequim, China, 10 de fevereiro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 08.03.2021
Nos siga no
A euforia em torno do bitcoin pode ser afetada pelo crescimento do yuan digital. Caso as regulamentações chinesas se tornem mais rígidas, o e-yuan pode abalar as estruturas dos mercados de criptomoedas, alertam especialistas.

A cena do mercado de criptomoedas anda mais potente do que nunca. De acordo com Phillip Gillespie, CEO da empresa de comércio de bitcoin B2C2 Japan, "uma vez que o yuan digital seja introduzido, esse será um dos maiores riscos da criptografia". O especialista explica em entrevista ao Yahoo! Finance que a "venda em pânico" seja possível se as novas regras acabarem sugando a liquidez das plataformas de negociação de moeda digital. É que o poder dos bancos centrais de emitir dinheiro virtual e banir seus rivais é um dos principais riscos para o setor.

O Banco Popular da China tem um projeto de lei que proíbe as pessoas de converter yuanes digitais em criptomoedas. Entretanto, a prática tem sido realizada por baixo dos panos através da plataforma Tether. O dinheiro depositado lá já é convertido em bitcoins e outras criptomoedas.

Gillespie observa que "uma quantidade enorme de liquidez" vem das bolsas que aproveitam a demanda chinesa. Mais de US$ 18 bilhões (R$ 102,4 bilhões) de Tether fluíram para o exterior de direções do Leste Asiático ao longo de um ano, incluindo origem chinesa, de acordo com um relatório de agosto da Chainalysis, que analisa a tecnologia de blockchain. O relatório indicou que os cidadãos chineses podem estar usando o Tether para contornar as regras que limitam as transferências de capital para o exterior.

O especialista prevê que se a China impuser restrições à operação do Tether, "o que aconteceria é que haveria uma liquidação em pânico", fazendo com que o preço do bitcoin despencasse. No final de 2020 e início de 2021, o bitcoin bateu recordes em termos de preço. Mas, à medida que a criptomoeda cresce, analistas argumentam que o preço da moeda digital não é consistente com seu valor e que pode ser uma bolha prestes a estourar.

"Um ativo financeiro está em uma bolha quando seu preço não está relacionado ao seu valor presente subjacente ou a uma expectativa razoável de seu valor futuro, e a convicção dos investidores na valorização do preço é alta e o medo de perda é baixo. A US$ 50 mil [R$ 285 mil], o bitcoin é a maior bolha de todas", escreveu Peter Schiff, CEO da Euro Pacific Capital.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала