Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Coalizão liderada pela Arábia Saudita destrói drones carregados de explosivos

© AFP 2021 / FAYEZ NURELDINEArtilharia do Exército saudita dispara contra o Iêmen a partir de um posto perto da fronteira saudita-iemenita, no sudoeste do país, em 13 de abril de 2015. A Arábia Saudita lidera uma coalizão de vários países árabes realizando ataques aéreos contra os rebeldes xiitas Huthis que invadiram a capital Sanaa em setembro e se expandiram para outras partes do Iêmen.
Artilharia do Exército saudita dispara contra o Iêmen a partir de um posto perto da fronteira saudita-iemenita, no sudoeste do país, em 13 de abril de 2015. A Arábia Saudita lidera uma coalizão de vários países árabes realizando ataques aéreos contra os rebeldes xiitas Huthis que invadiram a capital Sanaa em setembro e se expandiram para outras partes do Iêmen. - Sputnik Brasil, 1920, 05.03.2021
Nos siga no
A coalizão árabe liderada pela Arábia Saudita afirmou ter interceptado e destruído dois drones carregados com explosivos lançados por militantes houthis, do Iêmen, contra as cidades sauditas de Khamis Mushait e Jizan neste sábado (6), horário local.

Em comunicado reproduzido pela agência de notícias oficial do país, o general de brigada Turki al-Maliki, porta-voz da coalizão, afirmou que oito veículos aéreos não tripulados como esses foram disparados contra o território saudita nas últimas 24 horas. Todos, segundo ele, foram destruídos.

"Esses atos de agressão, para, deliberadamente e sistematicamente, alvejar civis e objetos civis por parte da milícia terrorista houthi, apoiada pelo Irã, equivalem a crimes de guerra. O Comando das Forças Conjuntas da Coalizão continuará a implementar todos os procedimentos operacionais necessários para proteger civis e objetos civis de acordo com o direito internacional humanitário consuetudinário", disse

​A coalizão liderada por Riad tem realizado ataques contra os houthis no Iêmen há quase seis anos, em apoio ao presidente iemenita Abd Rabbuh Mansur Hadi, aliado do reino wahabita que fugiu para a Arábia Saudita após a tomada do palácio presidencial pelos rebeldes. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала