Houthis afirmam ter atingido instalações da Saudi Aramco na Arábia Saudita

© REUTERS / Khaled AbdullahFILE PHOTO: Armed Houthi followers ride on the back of a truck after participating in a funeral of Houthi fighters killed in recent fighting against government forces in Yemen's oil-rich province of Marib, in Sanaa, Yemen February 20, 2021.
FILE PHOTO: Armed Houthi followers ride on the back of a truck after participating in a funeral of Houthi fighters killed in recent fighting against government forces in Yemen's oil-rich province of Marib, in Sanaa, Yemen February 20, 2021. - Sputnik Brasil, 1920, 04.03.2021
Nos siga noTelegram
O grupo militante iemenita tem ultimamente feito ataques com mísseis contra o país vizinho, que apoia as forças governamentais do Iêmen desde 2015.

Os rebeldes houthis, no Iêmen, declaram ter disparado hoje (4) um míssil contra uma instalação petrolífera da Saudi Aramco em Jeddah, Arábia Saudita, no mar Vermelho.

"As forças de mísseis conseguiram hoje atacar [uma instalação] da empresa Saudi Aramco em Jeddah com um míssil de cruzeiro Quds 2. O ataque foi preciso", disse Yahya Sarea, porta-voz dos houthis, acrescentando que o ataque foi realizado na manhã de quinta-feira (4).

As instalações petrolíferas da Saudi Aramco estão situadas principalmente na província oriental saudita, a cerca de 1.000 quilômetros de Jeddah. De acordo com dados do portal Flightradar24, os aviões de passageiros nesta zona ficaram em espera para pousar ou foram desviados para outros aeroportos ao redor de Jeddah.

A coalizão de Estados liderada pelos sauditas, que apoia o governo iemenita de Abd Rabbuh Mansur Hadi, disse na quinta-feira (4) ter interceptado um míssil balístico dirigido contra Jazan, Arábia Saudita, relatou a agência Reuters.

Pressão recente

Em fevereiro, no Iêmen começaram violentos confrontos, em uma tentativa do movimento houthi de avançar em direção ao distrito de Sirwah, onde se localiza uma base militar estrategicamente importante do governo iemenita, a 30 quilômetros da capital provincial, Marib.

O Iêmen tem enfrentado desde 2014 um conflito armado entre as forças governamentais lideradas pelo presidente Hadi e os rebeldes houthis.

Os houthis continuam mantendo o controle sobre uma vasta parte do Norte do país, incluindo a capital, Sanaa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала