Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Com novo recorde na média móvel de mortes, Brasil chega a 255 mil óbitos por COVID-19

© AP Photo / Bruna PradoMultidão na praia de Ipanema em meio à pandemia da COVID-19, Rio de Janeiro, Brasil, 24 de janeiro de 2021
Multidão na praia de Ipanema em meio à pandemia da COVID-19, Rio de Janeiro, Brasil, 24 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 28.02.2021
Nos siga no
O consórcio de veículos de imprensa divulgou neste domingo (28) o seu levantamento diário dos números da COVID-19 no Brasil, que aponta que a média móvel de mortes nos últimos sete dias bateu recorde pelo segundo dia consecutivo, com 1.208.

O consórcio, que reúne os dados divulgados pelas secretarias estaduais de Saúde, indica que o país registrou 755 óbitos relacionados à COVID-19 nas últimas 24 horas, o que eleva o número acumulado de mortes desde o início da pandemia para 255.018. Com isso, o país inicia mais uma semana com uma média móvel de mortes superior a mil óbitos diários.

Já em relação ao número de casos, o país chegou a um total de 10.549.129 diagnósticos registrados desde o início da pandemia, 40.495 destes apenas no último dia. Com os números divulgados hoje (28), a média móvel de casos da última semana ficou em 54.547 diagnósticos diários, o que indica uma tendência de aumento, pois a média cresceu 21% em relação à registrada há duas semanas.

No que diz respeito aos estados, o boletim do consórcio aponta que 12 deles e o Distrito Federal (DF) registraram aumento no número de mortes: Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso, Pará, Tocantins, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí e Rio Grande do Norte.

Por sua vez, os quatro estados do Sudeste, além de Sergipe, Pernambuco, Alagoas, Acre, Rondônia e Mato Grosso do Sul, apresentaram estabilidade no número de óbitos, enquanto apenas Goiás, Amazonas e Amapá registraram baixa. Já Roraima não atualiza os seus dados desde a última sexta-feira (26).

Vacinação

O consórcio também reuniu dados sobre a vacinação nos estados. De acordo com o levantamento, 6.576.109 pessoas já foram inoculadas com a primeira dose de vacina contra a COVID-19 no país, o que equivale a 3,11% da população. A segunda dose, por sua vez, foi aplicada em 1.933.404 pessoas, quase 1% da população total do país.    

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала