Rússia é 'ameaça existencial duradoura' para EUA e aliados deles, diz general norte-americano

© Sputnik / Mikhail Voskresensky / Abrir o banco de imagensTanque anfíbio russo Sprut-SDM1
Tanque anfíbio russo Sprut-SDM1 - Sputnik Brasil, 1920, 25.02.2021
Nos siga noTelegram
General norte-americano, discursando no Simpósio da Guerra Aeroespacial da Associação da Força Aérea, declarou que a Rússia representa ameaça e pretende separar os EUA e seus aliados.

A Rússia desestabiliza a situação em todo o mundo e representa ameaça para os Estados Unidos, afirmou o chefe do Comando Europeu dos EUA (EUCOM, na sigla em inglês), general Tod Wolters.

"Apesar da ampla condenação internacional e sanções econômicas contínuas, a Rússia está engajada em desestabilização e atividades maliciosas pelo mundo afora, com muitas destas ações acontecendo perto de casa [na Europa]", declarou Wolters, citado no site do Departamento de Defesa.

"A Rússia continua sendo uma ameaça existencial duradoura para os EUA e nossos aliados europeus", assegurou Wolters.

O general adicionou que a Rússia tenta manter uma esfera de influência da época soviética e usa a força para pressionar países vizinhos.

Além disso, Wolters afirmou que Moscou "recorre a instrumentos atípicos, como empresas militares privadas, para intimidar, enfraquecer e dividir os parceiros e aliados norte-americanos".

Comentando o discurso do general do EUCOM, o especialista militar russo, Igor Korotchenko, acredita que as palavras de Wolters é uma declaração habitual para demonizar a Rússia. Os EUA e OTAN continuam considerando a Rússia uma provável inimiga.

"OTAN e Washington continuam considerando a Rússia uma provável inimiga militar. Por isso a demonização e o uso de métodos difamatórios e de métodos da guerra de informação continuam a ser populares na política prática do Pentágono e da Aliança Atlântica", comentou especialista militar à Sputnik.

O especialista militar russo destacou que tanto a administração do ex-presidente norte-americano como a do presidente atual dos Estados Unidos expressaram tais acusações.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала