Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Depois de SC, estado do RS também alerta para colapso na saúde: 'Estamos aqui apavorados'

© Foto / Itamar Aguiar / Governo do RSRio Grande do Sul recebe 17 pacientes de Manaus internados com COVID-19
Rio Grande do Sul recebe 17 pacientes de Manaus internados com COVID-19 - Sputnik Brasil, 1920, 25.02.2021
Nos siga no
Depois de Santa Catarina, o estado do Rio Grande do Sul também anunciou estar perto de um colapso do sistema público de saúde nesta quinta-feira (25).

A manifestação foi feita durante a reunião do governador do estado, Eduardo Leite, com prefeitos para tratar da suspensão do sistema de cogestão, que autoriza os municípios a adotarem medidas mais brandas em relação às bandeiras impostas pelo estado no combate à pandemia.

"A minha decisão é pela suspensão da cogestão. Eu vou ouvir os prefeitos, que, evidentemente, com seus argumentos, podem me convencer do contrário", disse o governador, citado pelo G1.

A secretária da Saúde do Rio Grande do Sul, Arita Bergmann, mostrou preocupação ao alertar para o risco de colapso. Os hospitais do estado operam atualmente com ocupação de 91,8% dos leitos de UTI.

"Eu já estou enxergando o pico do Everest. Estamos aqui apavorados", afirmou Bergmann. Segundo ela, "não haverá leitos, especialmente de UTI, para atender a demanda, que é crescente".
© Folhapress / MoniaCris/iShootMovimentação no Hospital Regional do Oeste, na cidade de Chapecó, em Santa Catarina. Hospitais do estado estão lotados devido à pandemia do coronavírus
Depois de SC, estado do RS também alerta para colapso na saúde: 'Estamos aqui apavorados' - Sputnik Brasil, 1920, 25.02.2021
Movimentação no Hospital Regional do Oeste, na cidade de Chapecó, em Santa Catarina. Hospitais do estado estão lotados devido à pandemia do coronavírus

Mais cedo nesta quinta-feira (25), o secretário de Saúde de Santa Catarina, André Motta, disse que o estado também está "entrando em colapso" no sistema de saúde. A maior taxa de ocupação de leitos de UTI foi atingida na quarta-feira (24), 91,18%, com 32 pacientes aguardando na fila de espera.

Nesta quarta-feira (24), o Brasil chegou à média móvel de 1.129 mortes nos últimos sete dias. Esta é a maior média registrada no país desde o início da pandemia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала