Mídia suíça chama vacina russa Sputnik V de sucesso de exportação

© Sputnik / Yevgeny OdinokovMoscovita recebe dose da vacina Sputnik V em ponto de vacinação instalado na Ópera Helikon, Moscou, Rússia, 20 de janeiro de 2021
Moscovita recebe dose da vacina Sputnik V em ponto de vacinação instalado na Ópera Helikon, Moscou, Rússia, 20 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 24.02.2021
Nos siga noTelegram
Veículo de imprensa suíço destacou as vantagens da vacina russa contra a COVID-19, chamando-a de sucesso de exportação.

A vacina russa Sputnik V contra o novo coronavírus é um sucesso de exportação, de acordo com o jornal suíço Neue Zurcher Zeitung.

O artigo destaca as vantagens da vacina russa se comparada às análogas da Pfizer/BioNTech e da Moderna. O jornal dá atenção especial à eficácia confirmada da vacina russa e sua criação embasada em uma plataforma baseada em adenovírus humano bem estudada.

Administrada em duas doses, a vacina russa usa em cada dose um tipo diferente de vetor. Sua eficácia é mais alta em comparação à vacina da AstraZeneca/Oxford, que tem uma estrutura parecida, segundo autores da matéria.

Além disso, a mídia sublinha a disponibilidade da vacina, que custa cerca de US$ 10 (R$ 54) por dose.

Todas estas vantagens tornam a vacina russa Sputnik V um sucesso de exportação, conclui o autor da publicação.

A Rússia foi o primeiro país do mundo a registrar uma vacina contra coronavírus. A vacina Sputnik V já é registrada em mais de 30 países. Muitos parceiros do Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo) em Índia, Brasil, China, Coreia do Sul e outros países devem vir a produzir a vacina para abastecimento do mercado mundial.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала