- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Brasil segue com média de mortes diárias por COVID-19 acima de 1.000 após 33 dias

© AP Photo / Silvia IzquierdoFuncionário constrói novas sepulturas no Cemitério do Caju, no Rio de Janeiro, 20 de abril de 2020
Funcionário constrói novas sepulturas no Cemitério do Caju, no Rio de Janeiro, 20 de abril de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 23.02.2021
Nos siga noTelegram
Pelo 33º dia consecutivo, o Brasil registrou média móvel de óbitos por COVID-19 acima da marca de mil mortes por dia.

Dados das secretarias estaduais de Saúde analisados pelo consórcio de veículos de imprensa que acompanha a situação da pandemia no país mostram que o Brasil registrou 716 mortes provocadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas. Com isso, o total de óbitos em decorrência do surto no país chegou a 247.276, enquanto a média móvel dos últimos sete dias foi 1.055, alta de 2% em comparação à média de 14 dias atrás, o que indica tendência de estabilidade. 

​Ao longo do último dia, 30.231 novos casos de COVID-19 foram confirmados no país. Assim, até a noite desta segunda-feira (22), ao menos 10.197.531 pessoas já testaram positivo para o novo coronavírus no Brasil desde o início da pandemia. 

Assim como em relação às mortes, há tendência de estabilidade também nos diagnósticos. A média móvel atual é de 47.374 novos casos diários, variação de +5%.

Balanço da vacinação

Ainda de acordo com o consórcio, 5.982.640 de pessoas já receberam a primeira dose de uma das vacinas contra a COVID-19 no país, o que corresponde a 2,83% da população. Dessas, 1.269.005 pessoas — 0,60% da população — já receberam a segunda dose, com o total ficando em 7.251.645 doses.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала