Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Após incidente, Boeing recomenda suspensão das operações com a aeronave modelo 777

© Sputnik / Natalia SeliverstovaBoeing 777 (foto de arquivo)
Boeing 777 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 22.02.2021
Nos siga no
No domingo (21), a Boeing recomendou que as companhias aéreas retirem temporariamente de serviço o modelo de aeronave 777, devido a uma falha registrada no dia anterior.

A empresa anunciou a recomendação através de um comunicado citando um incidente com uma aeronave do modelo que sofreu uma falha de motor no sábado (20) durante um voo no estado norte-americano do Colorado. 

Um avião Boeing 777 com mais de 230 passageiros a bordo, que voava de Denver para Honolulu, sofreu falha de motor e teve que voltar ao aeroporto de partida, no sábado (20). A aeronave pousou com segurança, mas os destroços do motor do jato caíram sobre o subúrbio das cidades de Denver e Broomfield. Nenhuma pessoa ficou ferida.

"A Boeing está monitorando ativamente eventos recentes relacionados ao voo 328 da United Airlines. Enquanto a investigação do NTSB [Conselho Nacional de Segurança de Transporte dos Estados Unidos] está em andamento, recomendamos suspender as operações dos 69 777s em serviço e dos 59 parados com motores Pratt & Whitney 4000-112 até que a FAA [Administração Federal de Aviação dos EUA] identifique o protocolo de inspeção apropriado", disse a empresa no comunicado.

Mais cedo, a FAA, disse que intensificará as inspeções dos aviões Boeing 777.

© AP Photo / Ted S. WarrenFuncionário da Boeing observa modelo 737 MAX estacionado em fábrida da empresa em Seattle
Após incidente, Boeing recomenda suspensão das operações com a aeronave modelo 777 - Sputnik Brasil, 1920, 22.02.2021
Funcionário da Boeing observa modelo 737 MAX estacionado em fábrida da empresa em Seattle

Além disso, a companhia aérea United Airlines comunicou a suspensão temporária de voos com aeronaves Boeing 777. O Japão também instruiu suas companhias aéreas a retirarem temporariamente de serviço os aviões do modelo equipados com motores Pratt & Whitney 4000-112.

"A Boeing apoia a decisão de ontem do Escritório de Aviação Civil do Japão, e a ação da FAA, de hoje, de suspender as operações de aeronaves 777 equipadas com motores Pratt & Whitney 4000-112. Estamos trabalhando com esses órgãos reguladores enquanto esses aviões estão parados e inspeções são conduzidas pela Pratt & Whitney", disse a Boeing.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала