Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Doses da vacina russa Sputnik V chegam à Venezuela

© REUTERS / Agustin MarcarianDoses da vacina Sputnik V contra a doença do coronavírus (COVID-19) no Aeroporto Internacional de Ezeiza, Buenos Aires, Argentina, 16 de janeiro de 2021
Doses da vacina Sputnik V contra a doença do coronavírus (COVID-19) no Aeroporto Internacional de Ezeiza, Buenos Aires, Argentina, 16 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 13.02.2021
Nos siga no
As primeiras doses da vacina russa Sputnik V, contra o novo coronavírus, chegaram neste sábado (13) à Venezuela.

Na última terça-feira (9), o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou que aguardava a chegada de 100 mil doses da vacina russa para imunizar trabalhadores que atuam diretamente com pacientes infectados pela COVID-19, depois, funcionários de hospitais em geral e cidadãos dos chamados grupos de risco. 

Agora, no Aeroporto Internacional de Maiquetia Simón Bolívar, pousou um voo da Linha Aérea Conviasa com o primeiro lote da vacina Sputnik V para a Venezuela.

Em dezembro, o governo da Venezuela chegou a um acordo com as autoridades russas para o fornecimento de dez milhões de doses desse imunizante.

Ao menos 132.259 casos de infecção pela COVID-19 já foram detectados no país sul-americano desde o início da pandemia, dos quais 1.267 acabaram culminando na morte dos pacientes, segundo dados do Centro de Recursos do Coronavírus da Universidade Johns Hopkins.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала