Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Quarto voo de Moscou pousa em Buenos Aires com vacina Sputnik V

© REUTERS / Agustin MarcarianDoses da vacina Sputnik V contra a doença do coronavírus (COVID-19) no Aeroporto Internacional de Ezeiza, Buenos Aires, Argentina, 16 de janeiro de 2021
Doses da vacina Sputnik V contra a doença do coronavírus (COVID-19) no Aeroporto Internacional de Ezeiza, Buenos Aires, Argentina, 16 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 12.02.2021
Nos siga no
O quarto voo vindo de Moscou para Buenos Aires com mais doses da vacina russa Sputnik V contra a COVID-19 pousou às 19h09 desta sexta-feira (12) no aeroporto internacional de Ezeiza, na capital argentina.

A informação de que o voo AR1065 pousou com sucesso na pista foi confirmada à Sputnik pela assessoria de imprensa da estatal Aerolineas Argentinas, responsável pelo transporte das doses.

"Recebemos o quarto voo da Aerolineas Argentinas com 400.000 doses de Sputnik V. A maior remessa de vacinas que transportamos até agora, que exigiu adequação da cabine de passageiros. É uma grande satisfação continuar cumprindo este importante fundamento para o país", disse o presidente da empresa, Pablo Ceriani.

O responsável acrescentou: "Uma operação de mais de 40 horas, que foi atrasada por uma forte nevasca no aeroporto de Moscou. Quero destacar o empenho e profissionalismo de todas as áreas governamentais envolvidas e de toda a equipe da Aerolineas Argentinas".

Argentina e Rússia assinaram um primeiro contrato para aquisição de 20 milhões de doses da vacina produzida pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya (Centro Gamaleya) e comercializada pelo Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo).

© Sputnik / Aleksei KudenkoAgente da Saúde segura caixa da vacina Sputnik V, em ponto de vacinação na Praça Vermelha, Moscou, Rússia, 18 de janeiro de 2021
Quarto voo de Moscou pousa em Buenos Aires com vacina Sputnik V - Sputnik Brasil, 1920, 12.02.2021
Agente da Saúde segura caixa da vacina Sputnik V, em ponto de vacinação na Praça Vermelha, Moscou, Rússia, 18 de janeiro de 2021

Em seguida, o ministro da Saúde argentino, Ginés González García, confirmou que o país sul-americano faria uso da opção de estender a compra para um total de 30 milhões de doses.

Até o momento, a Argentina recebeu 820.000 doses da vacina Sputnik V.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала