- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Brasil registra 1.357 mortes por COVID-19 em 24 horas e total de óbitos supera 234 mil

© AP Photo / Silvia IzquierdoPessoas fazem filas para serem vacinadas em posto drive-thru no Rio de Janeiro.
Pessoas fazem filas para serem vacinadas em posto drive-thru no Rio de Janeiro. - Sputnik Brasil, 1920, 10.02.2021
Nos siga noTelegram
O Brasil registrou 1.357 novas mortes pela COVID-19 e 60.271 novos casos da doença nesta quinta-feira (14). Com isso, o país chegou a 234.945 óbitos e a 9.662.305 de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

De acordo com os dados coletados até as 20h, divulgados pelo consórcio de imprensa, a média móvel de mortes nos últimos sete dias é de 1.050. O valor da média representa uma queda de 1% em relação ao dado de 14 dias atrás.

Já a média móvel de casos nos últimos sete dias foi de 46.055 novos diagnósticos por dia. O número representa uma variação de -11% em relação aos casos registrados em duas semanas.

Os dados mostram que oito estados estão com alta nas mortes: Goiás, Acre, Pará, Roraima, Tocantins, Bahia, Maranhão e Pernambuco.

​O balanço da vacinação contra COVID-19 mostra que 4.321.678 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra o novo coronavírus no país, cerca de 2,04% da população brasileira.

Na terça-feira (9), a diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu que as vacinas adquiridas pelo Ministério da Saúde através da COVAX Facility não precisarão de registro e de autorização temporária de uso emergencial.

A decisão permite, por exemplo, que vacinas de Oxford/AstraZeneca fabricadas em outros países possam ser compradas pelo Brasil sem precisar de uma nova autorização para uso emergencial.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала