Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Presidente de Mianmar é transferido para lugar desconhecido

© AP Photo / Aung Shine OoConselheira de Estado de Mianmar Aung San Suu Kyi e presidente do país Win Myint saem, usando máscaras de proteção, depois da reunião do Comité Executivo Central na sede do partido Liga Nacional pela Democracia na capital Naypyidaw, Mianmar, 21 de julho de 2021
Conselheira de Estado de Mianmar Aung San Suu Kyi e presidente do país Win Myint saem, usando máscaras de proteção, depois da reunião do Comité Executivo Central na sede do partido Liga Nacional pela Democracia na capital Naypyidaw, Mianmar, 21 de julho de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 05.02.2021
Nos siga no
O presidente de Mianmar, Win Myint, preso pelos militares durante o golpe de 1º de fevereiro, foi transferido do Palácio Presidencial a outro edifício desconhecido.

Nesta sexta-feira (5), o porta-voz do partido Liga Nacional pela Democracia (LND), Kyi Toe, informou que o presidente de Mianmar, preso durante o golpe, foi transferido a outro edifício, localizado em um lugar desconhecido.

"O presidente foi transferido com sua família da Residência Presidencial para outro edifício", escreveu o porta-voz em sua conta no Facebook.

Em outra postagem, o porta-voz revelou que a conselheira de Estado de Mianmar, Aung San Suu Kyi, que, de fato, é a premiê mianmarense, ganhadora do Nobel da Paz em 1991, está bem de saúde e ainda se encontra presa em casa na capital Naypyidaw.

"A senhora Aung San Suu Kyi está bem de saúde, ela está na residência da conselheira de Estado", escreveu Toe.

Na quarta-feira (3), o porta-voz informou que o presidente de Mianmar, que encabeça o partido LND, e a conselheira de Estado Aung San Suu Kyi foram acusados de violar a lei de gestão de desastres naturais.

Segundo dados da Associação de Assistência a Presos Políticos de Mianmar, depois do golpe, 133 membros do LND foram detidos em Naypyidaw, inclusive deputados do parlamento. Além do mais, 14 ativistas sociais foram presos em Rangum e em outras cidades. A mídia de Mianmar relatou a detecção de mais de 400 pessoas por todo o país na segunda-feira (1º) e terça-feira (2).

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала