Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Casa Branca diz que EUA vão responsabilizar Rússia por 'atividades maléficas'

© AP Photo / Carolyn KasterO assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, Jake Sullivan
O assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, Jake Sullivan - Sputnik Brasil, 1920, 04.02.2021
Nos siga no
A administração de Joe Biden ameaça buscar uma linha "mais firme e eficaz" contra a Rússia. A declaração é do conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, nesta quinta-feira (4).

A Casa Branca voltou a acusar a Rússia de intervir nas eleições norte-americanas, destacando que a nova administração dos EUA acredita que impor a Moscou "custos e consequências terá um impacto no comportamento futuro da Rússia".

"Ao contrário da administração anterior, tomaremos medidas para responsabilizar a Rússia pela gama de atividades maléficas que realizou", destacou o conselheiro da Casa Branca.

"Isso inclui interferir na democracia da América, inclui o envenenamento de cidadãos em solo europeu com armas químicas, inclui ataques de hackers que você acabou de se referir e muitas outras coisas também", acrescentou Sullivan, em resposta a um jornalista.

​Ao mesmo tempo, Sullivan reconheceu que os Estados Unidos, de qualquer forma, não conseguiriam fazer com que a Rússia renunciasse absolutamente a todas as medidas contra as quais Washington se opõe.

"Gostaria de reiterar que isso não exclui a capacidade de trabalhar com a Rússia quando isso atender aos nossos interesses. Podemos fazer várias coisas simultaneamente", disse Sullivan.

De acordo com ele, o acordo entre EUA e Rússia sobre a extensão do Novo START, que entrou em vigor na última quarta-feira (3), atende plenamente aos interesses da segurança nacional norte-americana.

A Rússia repetidamente rechaçou as conclusões de Washington sobre o suposto envolvimento de Moscou no recente ciberataque nos Estados Unidos por meio do software da empresa SolarWinds, assim como negou qualquer interferência nos processos eleitorais americanos.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала