'Não acredito que generais dos EUA consideram uma guerra nuclear com Moscou', diz embaixador russo

© Sputnik / Aleksei Filipov  / Abrir o banco de imagensSistema da defesa antimíssil russo
Sistema da defesa antimíssil russo  - Sputnik Brasil, 1920, 03.02.2021
Nos siga noTelegram
A Rússia anunciou no início do dia que a extensão de cinco anos do acordo Novo START, que limita os arsenais nucleares de Washington e Moscou, entrou em vigor nesta quarta-feira (3).

O embaixador russo nos Estados Unidos, Anatoly Antonov, afirmou que não acredita que algum general norte-americano sensato esteja realmente considerando um conflito militar nuclear em grande escala com Moscou.

"Não acredito que generais americanos sensatos pensem em guerra nuclear. Acho que essa ideia está vagando nas mentes de políticos doentios", disse ele.

Ao comentar sobre o acordo de extensão do último tratado de redução de armas nucleares entre Washington e Moscou, o embaixador russo disse que isso não afetaria a quantidade de inspeções de monitoramento entre os dois países.

© Sputnik / Mikhail Voskresensky / Abrir o banco de imagensSistema de Defesa Antimísseis S-300V (foto de arquivo)
'Não acredito que generais dos EUA consideram uma guerra nuclear com Moscou', diz embaixador russo - Sputnik Brasil, 1920, 03.02.2021
Sistema de Defesa Antimísseis S-300V (foto de arquivo)

Antonov acrescentou que a Rússia e os EUA continuarão a trabalhar nas questões de controle de armas, observando que o trabalho será "extremamente difícil e complicado".

O embaixador citou os sistemas de defesa antimísseis dos EUA na Europa, mísseis de curto e médio alcance, capacidades de ataque global, armas hipersônicas e futuros armamentos espaciais como assuntos que provavelmente estarão na agenda de futuras negociações.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала