Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Coreia do Sul chega a acordo com EUA para usar dinheiro bloqueado do Irã para pagar dívidas à ONU

© Sputnik / Aleksei Suhorukov / Abrir o banco de imagensNota de 1 dólar norte-americano
Nota de 1 dólar norte-americano - Sputnik Brasil, 1920, 03.02.2021
Nos siga no
Coreia do Sul está terminando negociações com os Estados Unidos para usar parte do dinheiro do Irã, bloqueado em Seul devido às sanções dos EUA, para pagar dívidas de Teerã à ONU.

Na quarta-feira (3), um funcionário do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Sul afirmou que o progresso nas negociações para desbloquear os ativos iranianos na Coreia do Sul parece ter afetado a decisão de Teerã de liberar a maioria dos membros da tripulação de um petroleiro sul-coreano apreendido em 4 de janeiro no estreito de Ormuz, segundo agência Yonhap.

Na terça-feira (2), o Judiciário de Teerã deu permissão de liberar os marinheiros, exceto o capitão, do petroleiro Hankuk Chemi, apreendido pelo Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês) do Irã. A bordo do navio havia 20 marinheiros, inclusive cinco sul-coreanos.

Apesar da negação do governo iraniano, surgiram teorias de que a apreensão do navio estaria ligada ao descontentamento do Irã por seus ativos de US$ 7 bilhões (R$ 37 bilhões) estarem bloqueados nos bancos da Coreia do Sul devido às sanções dos Estados Unidos.

"A questão está quase resolvida. Terminamos as conversas [com os EUA] sobre pagamento de dívidas e devemos ter conversas sobre partes muito técnicas", disse o responsável oficial. "Há um progresso considerável na questão de dívidas e acredito que isso serviu de chance [para o Irã] para sentir nossa sinceridade."

Teerã solicitou que Seul usasse parte de seus ativos bloqueados para pagar parte das contribuições para a ONU em atraso. Mas o dinheiro precisa ser convertido de wons sul-coreanos para dólares norte-americanos e as sanções dos EUA atualmente proíbem transações baseadas no dólar com o Irã.

O representante do MRE sul-coreano acrescentou que o governo esteve em conversações com Washington sobre um método de pagamento sem ser em dólares.

Além disso, Seul continua consultas com Washington sobre as possibilidades de expandir outro comércio humanitário com o Irã usando o dinheiro bloqueado, informou o funcionário.

Quanto aos marinheiros do petroleiro apreendido, ainda não foi decidido quantos deles permanecerão no navio, disse outro funcionário do Ministério das Relações Exteriores, afirmando que o ministério está discutindo o assunto com o operador do navio.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала