Quatro novos exoplanetas são descobertos a 200 anos-luz da Terra por estudantes do ensino médio

© NASA . NASA/JPL-CaltechPintura do exoplaneta KELT-9b (um dos exoplanetas mais quentes do universo) que está localizado muito perto da sua estrela
Pintura do exoplaneta KELT-9b (um dos exoplanetas mais quentes do universo) que está localizado muito perto da sua estrela - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Dois estudantes norte-americanos do ensino médio foram coautores de um estudo publicado no Astronomical Journal descrevendo a descoberta de quatro novos exoplanetas a aproximadamente 200 anos-luz de distância da Terra.

Os dois estudantes, Kartik Pinglé, de 16 anos, e Jasmine Wright, de 18, fazem parte de um programa de pesquisa promovido pelo Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian, e tiveram seu artigo revisado por astrônomos profissionais.

Coordenado pela astroquímica Clara Sousa-Silva, o programa conecta os estudantes do ensino médio locais interessados em pesquisa com cientistas de Harvard e do MIT.

Embora muitos alunos participem do programa, o fato de publicarem um estudo científico é algo raro.

Clara Sousa-Silva afirmou que, apesar de este ser um dos objetivos, "é raro que alunos do ensino médio sejam coautores em artigos".

​Alerta de descoberta! Uma superterra está entre os cinco novos exoplanetas descobertos orbitando uma estrela parecida com o Sol, a 210 anos-luz.

Durante o estudo, os envolvidos analisaram, com a ajuda do telescópio TESS, uma estrela denominada TOI-1233, que possui um brilho parecido ao do Sol, pretendendo encontrar mudanças na luz ao longo do tempo.

"A ideia é que, se um planeta transitar pela estrela, ou passar na frente dela, ele cobrirá a estrela e diminuirá seu brilho", afirmou Pinglé.

A observação resultou na descoberta de quatro planetas girando em torno da estrela TOI-1233, sendo que três deles são considerados "sub-Netunos", enquanto o quarto foi considerado uma "superterra".

Os "sub-Netunos" são planetas gasosos que são menores mas semelhantes a Netuno, percorrendo uma órbita completa em torno da sua estrela entre seis e 19,5 dias.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала