México relata 15.337 novos casos de coronavírus, com 1.495 mortes em 24h

© REUTERS . JOSE LUIS GONZALEZParentes choram a morte de ente querido por COVID-19 num cemitério em Ciudad Juarez, no México no dia 2 de dezembro de 2020
Parentes choram a morte de ente querido por COVID-19 num cemitério em Ciudad Juarez, no México no dia 2 de dezembro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O México registrou 1.495 novas mortes ligadas à COVID-19 neste sábado (30), elevando o número total para 158.074, e mantendo o país como o terceiro com mais óbitos no mundo por essa causa.

O México fica apenas atrás de Estados Unidos e Brasil em número de mortes. As autoridades de saúde locais informaram que o número de infecções em todo o território aumentou em 15.337 em relação ao dia anterior, elevando o total de infectados para 1.857.230, em um momento em que o governo está avançando lentamente em seu plano de vacinação, segundo noticiou a Reuters.

No ano passado, a segunda maior economia da América Latina sofreu o efeito devastador da pandemia após o fechamento forçado das atividades produtivas, com seu Produto Interno Bruto (PIB) despencando históricos 8,5%, a maior queda desde a Grande Depressão dos anos 1930.

O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, permanece com quadro de sintomas leves e evoluía favoravelmente após contrair o coronavírus.

​Dias após a notificação de seu contágio, autoridades de saúde garantiram que o presidente quase não tinha dor de cabeça e sua febre era baixa, porém, Obrador gerou uma especulação na imprensa local ao não aparecer publicamente por quatro dias.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала