Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Rio não terá carnaval em 2021, afirma Paes

© Sputnik / Rogério Silva PintoCarro Alegórico da Paraíso do Tuiuti durante desfile do Grupo Especial no carnaval de 2020.
Carro Alegórico da Paraíso do Tuiuti durante desfile do Grupo Especial no carnaval de 2020. - Sputnik Brasil
Nos siga no
O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, afirmou nesta quinta-feira (21) que a cidade não terá carnaval em 2021.

Paes fez o anúncio pelo Twitter. De acordo com o prefeito, a preparação para o carnaval envolve um grande trabalho por parte de órgãos públicos e agremiações do samba, o que, segundo ele, é "algo impossível de se fazer nesse momento".

​Paes encerra a mensagem no Twitter afirmando que "certamente em 2022 poderemos (todos devidamente vacinados) celebrar a vida e nossa cultura com toda a intensidade que merecemos".

Em outubro de 2020, uma reunião entre representantes dos blocos de rua, prefeitura do Rio e especialistas em saúde e em segurança pública já havia definido que não haverá carnaval de rua no Rio em 2021.

Os desfiles das escolas de samba, no entanto, seguiam sem definição. Em novembro, a Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) havia definido que os desfiles aconteceriam nos dias 10 e 11 de julho — caso a vacina contra a COVID-19 já estivesse disponibilizada. Com o anúncio de Paes desta quinta-feira (21), os desfiles estão descartados em 2020.

© Sputnik / Cris GomesPassista da Império Serrano durante desfile da Série A no Rio de Janeiro.
Rio não terá carnaval em 2021, afirma Paes - Sputnik Brasil
Passista da Império Serrano durante desfile da Série A no Rio de Janeiro.

Na virada de 2020 para 2021, o Rio de Janeiro deixou de festejar o réveillon com a tradicional queima de fogos na praia de Copacabana, em decorrência da pandemia de COVID-19.

No início de 2021, o Brasil passa por um novo pico da pandemia: nesta quarta-feira (20), o país registrou 1.382 novas mortes pela COVID-19, o maior número de óbitos em 24 horas desde 4 de outubro de 2020.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала