Tropas chinesas aprendem inglês 'essencial' para evitar confusão em possível combate

© AP Photo / Kin Cheung Soldados chineses gritando slogans enquanto o presidente Xi Jinping inspeciona o Exército de Libertação Popular, em 30 de junho de 2017
Soldados chineses gritando slogans enquanto o presidente Xi Jinping inspeciona o Exército de Libertação Popular, em 30 de junho de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As tropas chinesas estacionadas no mar do Sul da China estão aprendendo inglês "essencial", a fim de evitar desentendimentos e julgamentos precipitados durante eventos com forças de outros países nas águas disputadas.

De acordo com o grupo de mídia Rede Global de Televisão da China (CGTN, na sigla em inglês), esta aptidão é "essencial" e "deve ser praticada".

"Nos últimos anos, países e forças de fora da China têm provocado problemas e criado tensões no mar do Sul da China. As forças navais no Comando do Teatro Sul estão na linha de frente para proteger os direitos, bem como para manutenção da paz e estabilidade regional no mar do Sul da China", aponta relatório, citado pelo jornal South China Morning Post.

As tropas chinesas realizaram recentemente exercícios militares nas ilhas Paracel usando o idioma inglês, enquanto simulavam ações contra tropas "inimigas".

© REUTERS / cnsphotoSoldados chineses desfilam em Pequim
Tropas chinesas aprendem inglês 'essencial' para evitar confusão em possível combate - Sputnik Brasil
Soldados chineses desfilam em Pequim

Um soldado foi ouvido na transmissão dizendo em inglês: "Vocês estão cercados". Rendam-se".

"Devemos garantir que nossas intenções possam ser claramente transmitidas, por isso precisamos melhorar nosso nível de inglês", afirmou o comandante chinês Liu Chuanming.

Pequim reivindica a soberania sobre 90% do mar do Sul da China, inclusive sobre as ilhas Paracel, disputadas por várias outras nações do Sudeste Asiático.

Os EUA e seus aliados, como o Reino Unido e o Japão, insistem em seu direito de liberdade de navegação na zona, ignorando os protestos por parte de Pequim durante a passagem de suas embarcações militares.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала