Tribunal condena Navalny a 30 dias de prisão

© Sputnik / Kirill Kallinikov / Abrir o banco de imagensOpositor russo Aleksei Navalny (foto de arquivo)
Opositor russo Aleksei Navalny (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Tribunal de Justiça da cidade de Khimki, Rússia, decidiu condenar o opositor Aleksei Navalny a 30 dias de prisão um dia após este chegar à capital Moscou vindo da Alemanha.

A notícia da determinação da Justiça da Rússia foi propagada pelo advogado de Navalny, Vadim Kobzev, em um tweet.

Aleksei Navalny ficará em custódia por 30 dias até 15 de fevereiro de 2021

Sendo assim, Navalny vai aguardar em prisão preventiva a realização de uma sessão jurídica na qual será decidido se sua pena condicional será mudada para uma real. Tal audiência está marcada para o dia 29 de janeiro no Tribunal de Simonov em Moscou.

A decisão judicial foi tomada exatamente um dia depois de Navalny chegar da Alemanha a Moscou. Ao desembarcar de seu voo, ele foi detido por policiais sob acusação de violar os termos de liberdade condicional de uma condenação de 2014.

Na Alemanha, Navalny esteve sob tratamento médico desde agosto de 2020 após se sentir mal.

No país europeu, análises laboratoriais com material biológico de Navalny teriam apontado que o mal-estar seria resultado de um envenenamento. No entanto, os dados das análises não foram passados para a Rússia como Moscou requereu.

Tampouco o país europeu concordou em realizar uma investigação conjunta com a Rússia para esclarecimento das causas do mal-estar do ativista.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала