- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

'Quarta, dia 20!', prefeitos dizem que Pazuello confirmou data de início de vacinação no Brasil

© REUTERS / Amanda PerobelliEnfermeira segura dose de vacina chinesa CoronaVac antes de aplicar imunizante em voluntário no Instituto Emílio Ribas, em São Paulo
Enfermeira segura dose de vacina chinesa CoronaVac antes de aplicar imunizante em voluntário no Instituto Emílio Ribas, em São Paulo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Segundo a Frente Nacional de Prefeitos (FNP), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, prometeu em reunião que a vacinação começará no dia 20 de janeiro (quarta-feira). 

Integrantes da entidade participaram de encontro virtual nesta quinta-feira (14) com o chefe da pasta. Na quarta-feira (13), o Ministério da Saúde disse que a imunização contra o coronavírus começaria de três a cinco dias após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizar o uso emergencial de alguma vacina. 

No momento, o órgão analisa os pedidos para registro das vacinas de Oxford e CoronaVac. De acordo com a agência, a resposta sobre o aval deverá ser anunciada no domingo (17). 

Por meio do Twitter, o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), fez uma série de publicações sobre a reunião. Ele comemorou o resultado do encontro e explicou que serão distribuídas oito milhões de doses no Brasil na semana que vem. Para fevereiro, a previsão é de chegada de mais 30 milhões de doses. 

​Loureiro disse ainda que a aposta do governo não é a importação, mas a produção de imunizantes no Brasil com transferência de tecnologia. Ele citou as vacinas AstraZeneca, CoronaVac e Sputnik V.  

​De acordo com a FNP, pelo menos 130 prefeitos participaram da reunião com Pazuello de maneira virtual. O coordenador do grupo, o ex-prefeito de Campinas Jonas Donizette (PSB), estava na reunião de forma presencial, em Brasília.

Neste primeiro momento, segundo Gean Loureiro, serão aplicadas dois milhões de doses da AstraZeneca e seis milhões da CoronaVac. 

​Voo para buscar vacinas é adiado

O ex-prefeito de Campinas, no entanto, disse que o início da vacinação pode ser alterado em função de eventual atraso do voo que buscará dois milhões de doses da vacina de Oxford na Índia. 

"Embora tenha sido mencionado a data do dia 20, às 10h da manhã, essa data está pendente destes dois fatores: da logística de voo e da aprovação da Anvisa", afirmou Jonas Donizetti, segundo o portal G1. 

Avião da Azul estava programado para sair nesta quinta-feira (14) de Viracopos, em Campinas, com destino a Mumbai, na Índia. No entanto, a saída do voo foi adiada para sexta-feira (15). 

Donizette explicou ainda que cinco milhões de brasileiros serão vacinados neste primeiro momento: dois milhões receberão a primeira dose da vacina da AstraZeneca. Outras três milhões de pessoas receberão duas doses da Coronavac. A primeira na semana que vem e a segunda 21 dias depois.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала