'Nudes' por inteligência: indiano é preso após espionar para Paquistão em troca de fotos de mulheres

© Fotolia / Marek YuralaitsHomem segurando um smartphone (imagem referencial)
Homem segurando um smartphone (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O acusado explica que ficou ganancioso e começou a enviar informações mais sensíveis sobre o exército indiano para a Agência de Inteligência do Paquistão para obter mais fotos de mulheres nuas.

Satyanarayan Paliwal, 42, morador de Jaisalmer, no estado indiano de Rajastão, próximo da fronteira com o Paquistão, foi preso pela polícia local sob a acusação de espionagem para a Agência de Inteligência do Paquistão (ISI, na sigla em inglês), informou as autoridades. Paliwal disse que foi sua ganância por fotos de mulheres nuas que o fez cometer o crime.

Após a prisão, a polícia de Rajasthan comunicou que Paliwal "confessou estar em contato com um agente da agência de inteligência do Paquistão e possuir informações militares confidenciais", afirma o jornal India Today.

Durante o interrogatório, Paliwal afirmou que as mulheres, que trabalham para ISI, costumavam compartilhar fotos nuas em troca de informações sobre o movimento do Exército indiano nas áreas de fronteira e no terreno de treinamentos de Pokhran.

O acusado explicou que ficou ganancioso e começou a enviar informações mais sensíveis sobre o Exército indiano ao ISI para obter mais fotos e conversas mais longas.

Funcionários da inteligência da Índia disseram que Paliwal esteve em contato com o ISI por um longo tempo e que muitos documentos do Exército indiano foram encontrados em seu celular quando ele foi detido em Jaisalmer. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала