Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Drone russo Okhotnik dispara bombas contra alvos terrestres

© Sputnik / Ministério da Defesa da RússiaAeronave não tripulada Okhotnik
Aeronave não tripulada Okhotnik - Sputnik Brasil
Nos siga no
No âmbito de testes de voo, o drone pesado russo S-70 Okhotnik lançou bombas contra alvos terrestres no polígono de Ashuluk, na Rússia.

O drone de ataque russo S-70 Okhotnik lançou bombas aéreas não guiadas de 500 quilos de dentro do compartimento da fuselagem durante testes de voo no polígono de Ashuluk, segundo informou à Sputnik uma fonte do complexo militar-industrial.

"O alvo foi atingido com alta precisão", comentou a fonte.

A data do teste não foi revelada, mas a fonte afirmou que não foi o primeiro teste de disparo de bombas contra alvos terrestres.

O novíssimo complexo de mira e navegação instalado no Okhotnik permite usar munições em queda-livre com precisão que se aproxima à de armamento guiado de alta precisão, conforme a fonte.

O drone Okhotnik é capaz de atingir alvos fixos terrestres e em movimento reduzido com coordenadas conhecidas, também recebendo as coordenadas do alvo no ar, disse a fonte.

O drone russo foi criado para atuar com o caça Su-57 e usar todo o armamento do caça da quinta geração, comentou o especialista militar russo Viktor Murakhovsky.

"Acredito que, em um dia não tão longe, o Okhotnik começará os testes de mísseis aéreos ar-terra, que são criados considerando critérios do avião Su-57, além de bombas aéreas de diferentes calibres e tipos. Os testes desses mísseis anteriormente foram concluídos no polígono de Ashuluk como parte do complexo aéreo do Su-57", destacou o especialista militar à Sputnik.

Além de bombas não guiadas em queda-livre, o drone S-70 deve usar bombas com sistemas de mira de laser e de satélite KAB-500L e KAB-500S.

O drone de ataque russo Okhotnik foi desenvolvido pela empresa Sukhoi. Segundo dados de fontes abertas, o equipamento tem 14 metros de comprimento, 19 metros de envergadura e seu peso de decolagem é de 20 toneladas. A velocidade do drone pode atingir 1.000 km/h.

O primeiro voo deste drone foi realizado em 3 de agosto de 2019, de acordo com o Ministério da Defesa da Rússia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала