EUA convidam Rússia para a posse de Joe Biden

© REUTERS / Jonathan ErnstPresidente eleito dos EUA, Joe Biden, discursa na sede do gabinete de transição, em Wilmington, Delaware, EUA, 28 de dezembro de 2020
Presidente eleito dos EUA, Joe Biden, discursa na sede do gabinete de transição, em Wilmington, Delaware, EUA, 28 de dezembro de 2020  - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um porta-voz da representação diplomática russa nos EUA informou à Sputnik que a Rússia deve ser representada por um embaixador na posse de Joe Biden.

Os Estados Unidos convidaram a Rússia para a posse do presidente eleito dos EUA, Joe Biden. A informação foi divulgada pelo porta-voz da embaixada russa em Washington à Sputnik nesta segunda-feira (11).

"Foi recebido um convite. Está prevista a participação a nível de embaixador", disse o representante da embaixada.

A posse do democrata Joe Biden está prevista para o dia 20 de janeiro. Na última sexta-feira (8), o presidente Donald Trump declarou que não vai participar da cerimônia, mas prometeu uma transição ordeira de poder.

© REUTERS / Shannon StapletonManifestantes enfrentam a Polícia do Capitólio durante protestos para contestar a certificação dos resultados das eleições presidenciais de 2020 dos Estados Unidos pelo Congresso, em Washington, EUA, 6 de janeiro de 2021
EUA convidam Rússia para a posse de Joe Biden - Sputnik Brasil
Manifestantes enfrentam a Polícia do Capitólio durante protestos para contestar a certificação dos resultados das eleições presidenciais de 2020 dos Estados Unidos pelo Congresso, em Washington, EUA, 6 de janeiro de 2021

A Câmara dos Representantes deve aprovar uma resolução nesta semana instando o vice-presidente Mike Pence a invocar a 25ª emenda para remover o presidente Donald Trump do poder. No entanto, se essa medida falhar, os democratas da Câmara buscarão acusações de impeachment contra Trump por incitar uma insurreição no Capitólio dos EUA.

A eleição de Biden foi confirmada pelo Congresso norte-americano na última quinta-feira (7). Durante a sessão para aprovar os resultados da eleição, apoiadores de Trump invadiram o Capitólio e causaram a interrupção dos trabalhos. Cinco pessoas morreram como resultado dos protestos que se seguiram, entre as quais uma pessoa morreu após ser baleada dentro do Capitólio.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала