Departamento de Justiça diz não esperar acusações contra Trump por invasão ao Capitólio

Nos siga noTelegram
O Departamento de Justiça dos EUA não espera acusações relacionadas à invasão do Capitólio contra o presidente Donald Trump, assinalou nesta sexta-feira (8) aos jornalistas o procurador assistente Ken Kohl.

"Não esperamos nenhuma acusação dessa natureza", disse Kohl, após ser questionado durante uma teleconferência, segundo a publicação New York Daily News, para explicar a possibilidade "de o presidente ou as pessoas que estiveram no palco com ele naquele comício" enfrentarem acusações "relacionadas à incitação à violência".

Na quarta-feira (6), o Congresso dos EUA convocou uma sessão conjunta para certificar a vitória de Joe Biden na eleição presidencial de 3 de novembro.

Antes da sessão, Trump falou com seus apoiadores em um comício perto da Casa Branca e pediu aos participantes que marchassem até o Capitólio para "lutar" contra os resultados da eleição.

No entanto, depois que os manifestantes entraram no Capitólio, e depois da confusão que resultou em cinco mortes e deixou vários feridos, Trump pediu que seus apoiadores respeitassem a lei e voltassem para suas casas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала