Morre mulher baleada no Congresso dos EUA após invasão ao Capitólio (VÍDEO)

© REUTERS / Kevin DietschPoliciais do tomam posições no Congresso dos EUA enquanto os manifestantes entram no prédio durante uma sessão conjunta para certificar os resultados das eleições de 2020 no Capitólio em Washington, EUA, 6 de janeiro de 2021
Policiais do tomam posições no Congresso dos EUA enquanto os manifestantes entram no prédio durante uma sessão conjunta para certificar os resultados das eleições de 2020 no Capitólio em Washington, EUA, 6 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma mulher foi baleada após manifestantes pró-Trump invadirem o Capitólio dos Estados Unidos, nesta quarta-feira (6). Ela foi levada em estado crítico e não resistiu aos ferimentos.

A informação foi confirmada pelo veículo norte-americano CNN, citando a polícia local. Um vídeo que mostra a mulher baleada circula pelas redes sociais.

"Sim, a mulher adulta que foi baleada dentro do Capitólio foi declarada morta em um hospital da área", disse o porta-voz do Departamento de Polícia Metropolitana, Dustin Sternbeck.

Foi informado também que pelo menos outras cinco pessoas haviam ficado feridas durante os protestos. Toda a Guarda Nacional de Washington foi acionada pelo Departamento de Defesa após uma multidão pró-Trump ter invadido o Capitólio dos Estados Unidos.

Dezenas de milhares de partidários pró-Trump cercaram o prédio do Capitólio dos Estados Unidos para protestar contra a verificação dos votos do Colégio Eleitoral. Um grupo de indivíduos entrou no prédio e chegou à Câmara do Senado, onde se envolveu com a polícia do Capitólio.

O presidente norte-americano e sua equipe se opuseram veementemente aos resultados da eleição, alegando fraude no processo eleitoral que concedeu a vitória ao seu rival democrata, Joe Biden, mesmo sem apresentar quaisquer provas. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала