Jaguar mata jaguatirica na Guatemala e cientistas culpam alterações climáticas pelo ocorrido (VÍDEO)

© AP Photo / Dave MartinOnça-pintada (imagem referencial)
Onça-pintada (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ato pode ser uma consequência de como os recursos disputados estão promovendo um efeito dramático nos ecossistemas, segundo pesquisadores.

Uma equipe de pesquisadores capturou imagens de uma onça-pintada matando uma jaguatirica nas profundezas de uma floresta tropical na Guatemala, de acordo com um estudo publicado na revista Biotropica.

O evento incomum foi registrado na Reserva da Biosfera Maia por ecologistas da Universidade Estadual de Washington (WSU) e da Sociedade de Conservação da Vida Selvagem (WCS), ambas dos Estados Unidos.

As imagens registradas mostram uma onça-pintada macho chegando perto de um poço de água e permanecendo no local por cerca de uma hora. No início, a onça ignorou uma anta como presa, mas quando uma jaguatirica chega para beber água, a onça faz o ataque.

Como esse evento atípico ocorreu durante a época de seca, pesquisadores sugerem que o conflito entre felinos pode ser o reflexo das alterações climáticas e escassez de recursos para alimentação dos animais, gerando um efeito dramático nos ecossistemas da América Central.

​Que azar para esta jaguatirica sedenta! Nesta Nota de Campo de História Natural publicada na Biotropica, fornecemos evidências fotográficas de um evento raro de matança intraguilda por um jaguar e uma jaguatirica no norte da Guatemala.

Acredita-se que o vídeo seja uma das primeiras imagens de uma onça-pintada matando diretamente outro felino. No entanto, anteriormente, os cientistas já haviam suspeitado sobre esse comportamento se baseando em restos de felinos encontrados em excrementos de onças-pintadas.

"Essas imagens dramáticas de armadilhas fotográficas mostram claramente a concorrência feroz que a vida selvagem enfrenta por recursos preciosos como a água", comentou Rony García-Anleu, coautor do estudo.

"Infelizmente, alterações climáticas e secas associadas devem piorar, o que significa que tempos difíceis para a vida selvagem, que dependem de poços de água para sua sobrevivência, estão chegando", acrescentou.

Os cientistas também registraram outros eventos incomuns como uma briga entre duas onças na mesma área e identificaram que sete onças diferentes chegam ao mesmo poço de água, o que é atípico para uma espécie que normalmente evita seus pares.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала