Médica no México é hospitalizada em UTI com reações graves após receber vacina da Pfizer

© REUTERS / Presidência da Costa Rica / HandoutPaciente recebe dose da vacina Pfizer/BioNtech contra a COVID-19 em San José, Costa Rica, 24 de dezembro de 2020
Paciente recebe dose da vacina Pfizer/BioNtech contra a COVID-19 em San José, Costa Rica, 24 de dezembro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma médica no México, que recebeu a vacina da Pfizer contra o coronavírus, foi internada em uma unidade de tratamento intensivo com convulsões, dificuldades respiratórias e possível encefalomielite, informou no sábado (2) o Ministério da Saúde mexicano.

"Uma médica de 32 anos, que recebeu a vacina contra COVID-19 da Pfizer/BioNTech, se encontra hospitalizada na unidade de tratamento intensivo [...] assim que apresentou erupção cutânea, crises convulsivas, diminuição da força muscular e dificuldade respiratória, meia hora após a vacinação", aponta Ministério da Saúde mexicano.

As causas da reação adversa que ocorreu quando a médica ainda estava dentro da área de observação após vacinação estão sendo averiguadas. Segundo diagnóstico preliminar do ministério, trata-se de encefalomielite.

"Com evidência científica disponível dos ensaios clínicos da vacina Pfizer/BioNTech BNT162b2 contra o vírus SARS-CoV-2, nenhuma pessoa tinha apresentado antes encefalite logo após a aplicação da vacina", observa o ministério.

Informa-se ainda que a paciente tem um histórico de alergia ao Trimetroprima com Sulfametoxazol que podem causar sintomas graves especialmente erupções cutâneas, angioedema, reações anafiláticas e podem levar à morte.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала